Volkswagen Polo 1.0 MPI é mais que um "Golzão"; conheça

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2018/02/14/volkswagen-polo-10-mpi.htm
  • totalImagens: 25
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20180214040000
Fotos

É um "Golzão" ou não é? Avaliamos o Volkswagen Polo 1.0 MPI, configuração de entrada do hatch premium, para descobrir o quanto ele de fato lembra o irmão menor e o quanto destoa. Para facilitar nossa análise olha só quem resolveu aparecer na foto... Para evitar confusões: o Polo é o carro da esquerda nesta imagem Murilo Góes/UOL Mais

Visual do novo Polo é o principal ponto de comparação com o Gol, e nesta imagem de traseira percebemos por quê: formato das lanternas, vinco da tampa do porta-malas, caimento do teto e desenho do para-choque são muito parecidos. Por outro lado, é perceptível o quanto o carro da direita tem dimensões mais generosas Murilo Góes/UOL Mais

Vamos falar um pouco mais do Polo MPI: parte de R$ 49.990 e chega a R$ 54.040 se dotado de pintura metálica (caso desta unidade, que utiliza o tom "azul Night") e o pacote de opcionais "Connect", o mais completo possível Murilo Góes/UOL Mais

Polo MPI vem equipado com o mesmo propulsor 1.0 3-cilindros do up! e do... Gol, mas aqui temos outra pequena diferença: no hatch maior a unidade foi recalibrada para alcançar pico de 84 cv com etanol, contra 82 cv dos primos menores Murilo Góes/UOL Mais

Com esse mesmo motor a diferença de idade dos projetos fica latente: enquanto o tricilíndrico vibra e reverbera de maneira excessiva no Gol, no Polo os índices de ruído e "tremeliques" são surpreendentemente satisfatórios Murilo Góes/UOL Mais

Para um carro "mil" até que o Polo MPI entrega bom desempenho. É claro que falta torque (são 10,4 kgfm com etanol) para retomadas mais fortes e ultrapassagens, mas para rodar tranquilo na cidade modelo se mostra eficiente e econômico Murilo Góes/UOL Mais

Polo tem bom espaço interno para um compacto, fruto dos 2,56 metros de entre-eixos e 1,75 metro de largura Murilo Góes/UOL Mais

Polo MPI estará sempre acoplado ao excelente câmbio manual de cinco marchas da Volkswagen. Caixa ajuda a prover uma condução agradável e prazerosa, mesmo para os padrões de um "milzinho" Murilo Góes/UOL Mais

Dinâmica de condução coloca um abismo entre Polo e Gol: o hatch premium oferece pegada muito mais precisa e firme, porque usa plataforma muito mais moderna (MQB A0) e carroceria formada por 75% de aços de alta e ultra alta resistência Murilo Góes/UOL Mais

Além disso, direção elétrica do Polo se mostra muito mais direta e confortável do que a hidráulica do Gol Murilo Góes/UOL Mais

Suspensões do Polo (McPherson com barra estabilizadora na dianteira; eixo de torção na traseira) são firmes sem ser duras demais, e representam outro diferencial importante em relação ao Gol Murilo Góes/UOL Mais

Com o Polo MPI dá até para pensar em pegar uma estrada sem passar muitos perrengues, por que não? A saber: modelo traz controle de tração como item de série, mas ganha controle de estabilidade e assistente de partida em rampas já no primeiro pacote opcional, de R$ 1.050. Freios são sempre a tambor nas rodas traseiras Murilo Góes/UOL Mais

Rodas de liga leve aro 15 estão presentes na lista de itens agregáveis ao Polo MPI, mas observe o para-choque dianteiro: nada de luz diurna em LED ou faróis de neblina, nem como opcionais Murilo Góes/UOL Mais

Simplicidade da cabine talvez seja o elementos que mais incomode no Polo MPI: ambiente tem plástico rígido e é cinza demais Murilo Góes/UOL Mais

Polo MPI possui volante simples de três raios, sem qualquer tipo de capricho no acabamento (este mimo fica reservado às versões de topo), mas ao menos pode vir com comandos multifuncionais para computador de bordo e serviços multimídia Murilo Góes/UOL Mais

Nada de cockpit virtual: quadro de instrumentos do Polo MPI conta com mostradores analógicos (bem iluminados, é verdade) e um computador de bordo digital monocromático ao centro, já conhecido de outros carros da Volkswagen Murilo Góes/UOL Mais

Central multimídia "Composition Touch" é opcional e incorpora, além de suporte para celulares (para alegria de taxistas e motoristas de Uber), projeção de funções dos smartphones na tela via Apple CarPlay ou Android Auto Murilo Góes/UOL Mais

Polo MPI conta com ar-condicionado manual como item de série, o que já se deveria esperar de um modelo de R$ 50 mil. Item não é dos mais potentes e eficientes do mercado, mas melhor tê-lo do que não tê-lo, não é mesmo? Murilo Góes/UOL Mais

Câmbio MQ200, manual de cinco marchas, vem se mantendo por muitos anos como referência em engates curtos e precisos, mas conserva um pequeno vacilo de carros mais velhos da Volkswagen: vira e mexe a ré teima em não entrar, sendo preciso recolocar em primeira marcha e dar um pequeno "totó" no acelerador para enfim conseguir engatar a marcha pretendida Murilo Góes/UOL Mais

Boa notícia aos compradores do Polo MPI: vidros e travas são elétricos em todas as portas. Agora outra informação não tão empolgante: acabamento da guarnição das portas é pobre e algumas partes já estavam se soltando na unidade avaliada por UOL Carros Murilo Góes/UOL Mais

Por que insistir nos obsoletos retrovisores manuais, Volkswagen? Lembrando que não é questão de "mimo" ou "frescura": trata-se de um item de segurança importante e que precisa estar sempre bem ajustado para reduzir ao máximo os chamados "pontos cegos" do carro. Sistema elétrico permite encontrar a regulagem mais precisa em qualquer situação Murilo Góes/UOL Mais

Bancos são revestidos em um tecido pouco chamativo, mas a verdade é que peças dianteiras abraçam muito bem motorista e passageiro, e contribuem para propiciar um passeio confortável e ergonômico. Assento do motorista possui ajuste de altura Murilo Góes/UOL Mais

Fileira traseira é mais simples e menos confortável, mas traz o que um veículo moderno precisa ter: cintos de três pontos e encostos de cabeça para todos, e pontos de ancoragem para cadeirinhas infantis Murilo Góes/UOL Mais

Porta-malas de 300 litros não empolga, embora esteja pareado com os rivais em volume. Acabamento perde parte da qualidade vista em versões mais caras (cadê a redinha ou o forro cobrindo 100% do compartimento?). Além disso, conforme podemos observar, o banco traseiro não é bipartido, embora ainda rebatível Murilo Góes/UOL Mais

Motor 1.0 tricilíndrico aspirado flex apresenta desempenho notável no Polo. Segundo o Inmetro, versão é capaz de fazer 12,9/14,3 km/l com gasolina e 8,8/10 km/l quando abastecido com etanol, nos respectivos ciclos cidade/estrada Murilo Góes/UOL Mais

Comente no Facebook