Para fazer rir: 14 cenas ridículas de mortes em filmes

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2018/06/13/mortes-ridiculas-no-cinema.htm
  • totalImagens: 14
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20180613040000
    • Entretenimento [22798];
Fotos

A Morte lhe Cai Bem

Até a atriz americana Meryl Streep, dona de três Oscars, já encarou mortes não tão dignas de sua carreira brilhante. Em "A Morte lhe Cai Bem" (1992), sua personagem Madeline Ashton ficou se equilibrando por segundos sobre os degraus da escada antes de ser empurrada para o fim trágico por Ernest Menville (Bruce Willis). Reprodução Mais

Sonâmbulos

Já nos deparamos com os crimes cometidos pelas armas mais bizarras em filmes. Em Instinto Selvagem (1992), por exemplo, um picador de gelo foi usado. Nesse mesmo ano, porém, tivemos o lançamento de "Sonâmbulos", no qual um assassino utiliza uma espiga de milho para "esfaquear" pelas costas um policial. Reprodução Mais

Punhos de Serpente

Imagina levar um golpe naquela região sensível? Em "Punhos de Serpente" (1978), o personagem do ator Jackie Chan derrota um oponente acertando um golpe na área íntima. A cena toda é bizarra: primeiro, o personagem de Chan salta sobre o rival, aperta sua cabeça e, em seguida, aplica o golpe mortal. Reprodução Mais

Slaughter Hotel

Nesse filme italiano de 1971 do diretor Fernando Di Leo, temos uma cena de morte que parece não ter fim. O personagem Dr. Francis Clay (papel do ator Klaus Kinski) leva vários tiros, mas não cai de jeito nenhum. A agonia do personagem leva quase um minuto. Reprodução Mais

Karate Girl

Para muitos, o filme turco "Karateci Kiz" (Karate Girl), de 1973, tem a pior cena de morte já filmada na história do cinema. Durante o longa, o personagem de Bülent Kayabas leva vários tiros, mas não morre de jeito nenhum, além ficar gemendo de forma bizarra a cada bala disparada pela protagonista Zeynep (papel Filiz Akin). A cena é uma comédia do início ao fim. Reprodução Mais

Os Intocáveis

Quem assistiu ao filme "Os Intocáveis" (1987) provavelmente se perguntou quantos tiros seriam necessários para derrubar Jim Malone (papel de Sean Connery)? Apesar de ter sido metralhado por um capanga de Al Capone (Robert De Niro), Malone ainda conseguiu rastejar por vários metros antes de morrer. Reprodução Mais

Sinistra Passagem pelo Havaí

Quem poderia imaginar que um frisbee, objeto que muitos banhistas brincam na praia, poderia ser usado com uma arma mortal. Essa morte surreal aconteceu no longa "Sinistra Passagem para o Havaí" (1987). Na cena, o personagem Rowdy Abilene (papel de Ronn Moss) lança um frisbee com lâminas para um rival. E o frisbee afiado vai direto em seu pescoço, matando-o instantaneamente. Reprodução Mais

Ninja - A Máquina Assassina

Esse filme de 1981 do diretor Menahem Golan tem uma das cenas de mortes mais hilárias. Na gravação, o personagem Venarius (papel de Christopher George) é atingido no peito por uma estrela lançada por um ninja. Na sequência, após soltar um grito de dor bizarro, Venarius abre os braços como dissesse: "me dei mal". Reprodução Mais

Snistra Passagem pelo Havaí

Esse filme de 1987 do diretor Andy Sidaris é uma obra-prima no quesito mortes estranhas. Além do frisbee assassino, temos uma sequência em que um skatista usa uma boneca inflável para esconder uma arma e tentar matar o protagonista Rowdy Abilene (Ronn Moss). Mas Rowdy e Jade percebem e reagem. Usando um lança foguete, Rowdy explode o assassino e também a boneca inflável. Reprodução Mais

Robin Hood

O filme "Robin Hood - O Príncipe dos Ladrões" (1991) é daqueles abacaxis que é difícil eleger a pior cena. Já que o tema são mortes ridículas nenhuma supera a do xerife de Nottingham (papel de Alan Rickman). Na cena, Robin (Kevin Costner) reage e crava um punhal no peito do xerife. Mas o que se segue é hilário. O xerife de Nottingham leva impressionantes 47 segundos para sucumbir. Reprodução Mais

Buffy - A Caça-Vampiros

Nem vampiros escapam de mortes ridículas em filmes. Em "Buffy - A Caça-Vampiros" (1992), o vampiro Amilyn (papel do ator Paul Reubens) protagoniza uma cena difícil de esquecer. Nela, Buffy (Kristy Swanson) crava uma estaca no coração de Amilyn, que solta gritinhos toscos enquanto tenta retirar a estaca. Reprodução Mais

O Imperador

Tudo bem que Nicolas Cage era o protagonista do filme "O Imperador" (2014), mas a sequência da morte de seu personagem Gallain parece eterna, Ele é ferido várias vezes, mas não se entrega nunca. São quase dois minutos de agonia até que enfim nos deparamos com sua morte no longa de Nick Powell. Reprodução Mais

A Maldição de Samantha

No filme "A Maldição de Samantha" (1986), o diretor Wes Craven nos mostrou os perigos de uma inofensiva bola de basquete. Na cena, a protagonista Samantha Pringle (papel interpretado por Kristy Swanson) mata Elvira Parker (Anne Ramsey) ao arremessar uma bola de basquete contra a cabeça da rival. E o mais improvável acontece na sequência, com a cabeça de Elvira explodindo como uma bomba. Reprodução Mais

O Poderoso Chefão Parte III

A trilogia "O Poderoso Chefão" é aclamada pelos críticos e pelo público, mas a morte de Mary Corleone (papel de Sofia Coppola) chega a ser engraçada de tão ruim. A atuação de Sofia, filha do diretor Francis Ford Coppola, é fraquíssima. Na cena de sua morte, ela choraminga, baleada, com o mesmo tom de decepção de quem teria perdido a mesada dos pais. Reprodução Mais

Comente no Facebook