Veja as oito gerações da cinquentona Toyota Hilux

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2018/09/13/veja-as-oito-geracoes-da-cinquentona-toyota-hilux.htm
  • totalImagens: 11
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20180913193116
    • Carros [13014]; Toyota [9086]; Hilux [51081];
Fotos

Toyota Hilux, 50 anos

É difícil pensar em picapes sem lembrar da Toyota Hilux. Ao longo de oito gerações, a picape (que completa 50 anos em 2018) construiu uma imagem de robustez dificilmente igualada pelas rivais Arte UOL Carros Mais

1ª geração (1968)

A Hilux (nome criado a partir das abreviações de "High Luxury", uma ironia para um veículo tão espartano) foi lançada em março de 1968. Tinha carroceria sobre chassi, tração traseira e um porte menor do que as tradicionais picapes de Chevrolet, Dodge e Ford, conquistando clientes que precisavam de um veículo mais prático em vez de espaço ou potência. Divulgação Mais

2ª geração (1972)

A segunda geração surgiu em 1972 com um design mais esportivo, mirando nos consumidores mais jovens que viam nas picapes um veículo de lazer. Além do estilo, a oferta de motor 2.0 aumentou a aceitação da Hilux em mercados como os Estados Unidos -- onde a picape passou a se chamar apenas "Toyota Truck". Divulgação Mais

3ª geração (1979)

A renovação de geração trouxe opção de câmbio automático e tração nas quatro rodas. Até ar-condicionado e piloto automático podiam equipá-la no mercado norte-americano. Divulgação Mais

4ª geração (1984)

A grande novidade da linha 1984 foi a quarta geração, trazendo opção de cabine estendida e popularizando a carroceria de cabine dupla fora dos EUA. Teve até aparição no filme "De Volta para o Futuro". Divulgação Mais

Imortal

Esta geração, inclusive, ficaria famosa pela participação no programa "Top Gear", da BBC. A picape movida a diesel feita em 1988 tinha mais de 306 mil quilômetros rodados. Fizeram de tudo para acabar com ela: desceram escadas, derrubaram um piano, afundaram o carro na água do mar, incendiaram e, por fim, colocaram a Hilux dentro de um prédio implodido. Nada foi capaz de detê-la. Divulgação Mais

5ª geração (1989)

Foi esta a primeira Hilux importada para o Brasil e a única fabricada nos Estados Unidos. Ironicamente, ela deixaria de ser vendida por lá pouco tempo depois, já que a Toyota decidiu substitui-la pela Tacoma, um modelo maior e com características mais adequadas aos gostos do público norte-americano. Divulgação Mais

6ª geração (1997)

A sexta geração chegou apenas com leves mudanças estéticas. A Hilux também começou a ser produzida na Argentina, que passou a abastecer vários mercados sul-americanos -- como o brasileiro. Divulgação Mais

7ª geração (2005)

Foi nesta geração que a picape definitivamente virou um "carro de passeio vestido de picape". Bastante confortável e cheia de equipamentos impensáveis para um utilitário até então, ela virou quase um "Corolla com caçamba". Divulgação Mais

8ª geração (2015)

A oitava geração está entre nós há três anos; peças de Corolla estão em várias partes do interior Murilo Góes/UOL Mais

Facelift da 8ª geração (2018)

Picape acaba de ganhar uma leve reestilização na dianteira na linha 2019, além de um novo painel de instrumentos Divulgação Mais

Comente no Facebook