Cultura e cotidiano dos índios xikrins

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/imagens-do-dia/2017/12/07/indios-xicrin-no-para.htm
  • totalImagens: 30
  • fotoInicial: 5
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20171207120000
    • PA [5296];
    • Notícias [35976]; Índio [33357]; Ambiente [11359];
Fotos

Xikrin inicia o processo de produção de farinha de mandioca, um dos principais alimentos da aldeia José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Xikrin corta mandioca para a produção de farinha José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

As mulheres da aldeia se pintam com uma tinta feita da mistura do jenipapo e do carvão José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

O ritual de pintura das indígenas envolve quase todas as mulheres da aldeia José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

As xikrins produzem um tipo de tinta a partir do jenipapo e carvão. Para fazer os desenhos, elas utilizam palha e pedaços de madeira José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

As xikrins produzem um tipo de tinta a partir de jenipapo e carvão. Para fazer os desenhos, elas utilizam palha e pedaços de madeira José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Apresentação cultural de dança e canto das xikrins durante a tradicional festa da mandioca José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Apresentação cultural de dança e canto das xikrins durante a tradicional festa da mandioca José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Pôr do sol na aldeia Djudjeko, uma das três que compõem a Terra Indígena Xikrin do Cateté José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Embarcações dos indígenas paradas no rio Cateté José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

O indígena Bendjai Kayapó produz colar artesanal, atividade auxiliar no sustento da família José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

O indígena Bendjai Xikrin voltando da pesca no Cateté. Ele atribui à contaminação a diminuição dos peixes no rio José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Crianças se banham no rio Cateté mesmo com recomendação contrária devido à contaminação das águas José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

O indígena Bemoro Xikrin faz a torra da mandioca para produzir farinha José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Bemoro Xikrin faz a torra da mandioca para produzir farinha José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Xikrin trabalhando na torra de mandioca para produzir farinha José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Jovens indígenas utilizam a parte mais seca do rio Cateté para a prática de esportes José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Jovens indígenas utilizam a parte mais seca do rio Cateté para a prática de esportes José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Adolescente xikrin descansa após a confecção de artigos artesanais José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Ancião xikrin na aldeia Djudjeko José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

João Paulo Botelho Vieira Filho acompanha as questões de saúde dos xikrins há 40 anos José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

O indígena Rop-Krore Xikrin relatou que a contaminação do rio tem causado vermelhidão no olhos e coceiras pelo corpo José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Para o cacique mais velho da aldeia Djudjeko, Botxiê Xikrin, não se alimentar do peixe vindo do rio Cateté é mais prejudicial para os mais idosos, que não comem peixe congelado José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

A proximidade da mineradora Onça Puma com a Terra Indígena dos xikrins trouxe diversas consequências para a aldeia. Segundo Bep-Krá Xikrin, a contaminação do rio levou à diminuição da caça por conta do trânsito de caminhões que transportam minério José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

O indígena Otore Xikrin é um dos guerreiros que monitoram as ações da Onça Puma nas proximidades do rio Cateté. Para isso, os índios criaram um posto de observação dentro da terra José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Uma das preocupações dos xikrins é com a barragem de rejeito de minério de Onça Puma localizada nas proximidades do rio Cateté José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

O ex-cacique Roiri Xikrin se empenha no cultivo da roça e no cuidado com a família José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

O atual cacique, Karangré Xikrin, busca evitar que a contaminação do rio Cateté prejudique as próximas gerações José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Entrada de Onça Puma da mineradora Vale. Local é uma das causas de contaminação do rio Cateté José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Onça Puma da mineradora Vale em atividade no Pará José Cícero da Silva/Agência Pública Mais

Comente no Facebook