! Vítima de estupro processa agressor que ganhou na loteria - BOL Notícias

Brasil Online

Busca
Quarta-feira, 16 de AGOSTO de 2017

30/01/2008 - 15h13

Vítima de estupro processa agressor que ganhou na loteria

Uma mulher que foi vítima de estupro na Grã-Bretanha ganhou na Justiça o direito de processar seu agressor, que ganhou 7 milhões de libras (cerca de R$ 24,7 milhões) na loteria 16 anos após o ataque.

A decisão da Alta Corte britânica altera uma lei que prevê que vítimas de abuso sexual só podem processar o agressor até seis anos após o crime.

A mulher, uma professora aposentada identificada apenas como A., foi atacada por Ioworth Hoare, de 53 anos, em um parque na região de Leeds, ao sul de Londres, em 1988. Ela tinha 60 anos na época.

Hoare já havia sido preso outras vezes por ter cometido crimes como estupro e assédio sexual e, em 1989, foi condenado à prisão perpétua. Mas em 2004, durante uma saída provisória da prisão, ele comprou um bilhete da loteria e ganhou 7 milhões de libras.

Em março de 2005, Hoare ganhou prisão condicional e atualmente mora em uma mansão com valor estimado em 700 mil libras (R$ 240 mil).

Decisão inédita Nenhuma das vítimas de Hoare pensou em processá-lo antes porque ele não tinha dinheiro. Na época de seu julgamento, A. recebeu uma indenização de 5 mil libras (19 mil) de um tribunal criminal.

Mas em novembro do ano passado, a mulher, hoje com 79 anos, decidiu voltar à Justiça e pedir uma revisão da lei que a impedia de mover uma ação contra o agressor tanto tempo depois. Em uma decisão inédita, a Alta Corte decidiu que a partir de agora caberá aos juízes avaliar cada caso em particular e decidir se o limite de seis anos poderá ser estendido.

A mudança abre uma brecha para que outras mulheres vítimas de abuso sexual recorreram à nova lei.

"Não é por causa do dinheiro, mas é para obter justiça", disse A., que pretende ganhar 200 mil libras (R$ 740 mil) como indenização.

Enquete

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos: