! Mais velho Príncipe de Gales, Charles completa 60 anos longe do trono - BOL Notícias

Brasil Online

Busca
Sábado, 24 de AGOSTO de 2019

14/11/2008 - 12h24

Mais velho Príncipe de Gales, Charles completa 60 anos longe do trono

Das agências internacionais

Com 60 anos completados nesta sexta-feira, o príncipe Charles segue como o mais velho "Príncipe de Gales" - título concedido a herdeiros diretos do trono - que a família real já teve. Antes de Charles, somente os reis William 4º, que assumiu com 58 anos em 1820, e Eduardo 7º, que reinou a partir de 1901 com 59, chegaram perto da idade, mas não eram sucessores diretos.

  • Lovatto

    Príncipe Charles faz 60 anos hoje

  • Veja fotos do príncipe Charles
    • Depois de dois casamentos que envolveram sua imagem em boas polêmicas, Charles segue distante do trono, e pode nunca chegar a assumir. Sua mãe, a rainha Elizabeth 2ª, já deu indícios de que não pretende abdicar do posto em favor do filho, mesmo aos 82 anos. Para o azar do príncipe, se a rainha viver até 101 anos, como a rainha-mãe, ele terá 79 anos quando finalmente tornar-se rei.

      Talvez por isso, quando questionado sobre a possibilidade de assumir o trono, Charles desconversa. Prefere falar de seu papel na sociedade. "É algo que sinto que tenho que fazer: ajudar o maior número possível de pessoas neste país", afirmou à BBC. "Gostaria de pensar que, depois de tudo, as pessoas possam chegar à conclusão que muitas das coisas que tentei fazer não eram loucuras", comenta o príncipe.

      Depois de um casamento de conto-de-fadas com Diana Spencer em 1981, que tentou passar a imagem de um casal apaixonado mas terminou em tragédia, Charles tornou-se alvo fácil dos tablóides britânicos com o estouro de seu relacionamento extra-conjugal com Camilla Parker Bowles, sua atual mulher.

      Em 1992, coube ao então primeiro ministro, John Major, anunciar o fim da união e a decisão pelo divórcio, selado em agosto de 1996. Diana, no entanto, continuou a ser membro da família real.

      No ano seguinte, quando Diana morreu em um acidente de carro em Paris, coube a Charles voar à França para trazer o corpo da ex-esposa de volta à Inglaterra. Foi devido à insistência do príncipe que Diana teve a despedida à altura de uma rainha, um funeral grandioso, apesar da discordância da rainha. Mesmo assim, Charles chegou a ser acusado de envolvimento na morte da princesa.

      • AP

        Aos 82 anos, rainha Elizabeth 2ª não pensa em abdicar do trono em favor do filho herdeiro, príncipe Charles

      • AP

        Em 1981, Charles uniu-se a Diana em casamento luxuoso que não durou

      • Reuters

        Em 2005, casou-se com Camilla Parker-Bowles, antiga namorada

      Mas o maior teste para Charles foi o segundo casamento, em 2005, com Camilla Parker-Bowles, a namorada de longa data, e pivô do divórcio com a princesa Diana. Mesmo temendo a reprovação da opinião pública, a nova princesa tem acompanhado o marido em suas viagens oficiais e não esconde a alegria de poder ser vista como a mulher oficial de Charles. O próprio príncipe passou a mostrar-se mais alegre, não escondendo a satisfação de ter, enfim, a mulher que sempre quis.

      O relacionamento dos dois ganhou as páginas dos jornais quando uma conversa íntima do casal foi revelada em 1993, em que Charles dizia a Camilla que gostaria de ser seu absorvente íntimo. Mas a família real não escondeu sua desaprovação com a união, e apressou-se em declarar que "nunca haverá uma rainha Camilla". Se Charles assumir o trono, Camilla será apenas princesa consorte.

      Pouco engajado na política, Charles tem participação ativa e programas assistenciais. Em 1976, criou o Fundo do Príncipe, que destina recursos à formação educacional de jovens britânicos.

      Com seus herdeiros, Charles também passou por tempos nebulosos após a morte de Diana. Em 2002, Charles não hesitou ao enviar Harry, o príncipe caçula, para uma clínica de reabilitação após aparições nos jornais bebendo e fumando, para desgosto dos britânicos.

      Este ano, Harry juntou-se ao exército britânico em missão no Afeganistão. O príncipe ficou em combate durante 10 semanas em segredo, até que a presença real nas tropas 'vazou' na imprensa britânica, e o príncipe foi aconselhado a voltar para casa.

      Atualmente, Charles vive período de folga dos holofotes, que parecem mais dedicados a outro casal, o seu filho mais velho, o príncipe William, e a namorada, Kate Middleton, já associada pela imprensa como uma possível nova princesa Diana.

      Enquete

      Computando seu voto...
      Carregando resultado

      Total de votos: