Busca BOL

Quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

BOL Notícias

Tribunal ordena prisão do primeiro-ministro paquistanês por corrupção

ISLAMABAD, 15 Jan 2013 (AFP) - O Supremo Tribunal do Paquistão ordenou nesta terça-feira a detenção do primeiro-ministro Raja Ashraf como suspeito em um caso de contratos de energia ilegais, anunciou à AFP um advogado governamental, Aamir Abas.

"O presidente do Supremo Tribunal ordenou a prisão de todas as pessoas acusadas neste caso, seja qual for seu posto", declarou Abas, precisando que "Raja Ashraf faz parte este grupo".

O anúncio ocorre em um período de grande tensão. Desde a noite de segunda-feira, a capital, Islamabad, é palco de manifestações de milhares de pessoas lideradas por um influente chefe religioso que denuncia a incompetência e a corrupção das autoridades.

Ligado ao presidente Asif Ali Zardari, Ashraf foi nomeado primeiro-ministro em junho passado, substituindo Yussuf Raza Gilani.

A Suprema Corte obrigou Gilani a se demitir depois deste ter se negado a reabrir uma antiga investigação por corrupção contra Zardari.

O frágil governo de Zardari concluirá nesta primavera (boreal) seu mandato de cinco anos, uma novidade em um país onde os golpes de Estado são comuns.

As eleições gerais serão realizadas em meados de maio.
Publicidade

Emprego Certo

Procurar por emprego