Ibope: no Amapá, Waldez tem 37%; Lucas, 17%; e Camilo, 15%

Do UOL, em São Paulo

O candidato do PDT ao governo do Amapá, Waldez Góes, lidera a corrida eleitoral no Estado, com 37% das intenções de voto, seguido por Lucas Barreto (PSD), que tem 17%. Os números são de pesquisa Ibope divulgada neste sábado (13).

Em terceiro lugar aparece o atual governador e candidato do PSB, Camilo Capiberibe, com 15%. Os candidatos pelo PT do B, Bruno Mineiro, e Jorge Amanajás (PPS) registraram 11% e 4%, respectivamente. Genival Cruz (PSTU) aparece com 2%. Já Décio Gomes (PCB) não pontuou.

Votos brancos e nulos somam 7%, mesmo percentual dos eleitores que não sabem ou não responderam à pesquisa.

Na última pesquisa, divulgada no dia 12 de agosto, o candidato do PDT tinha 39%, Lucas Barreto aparecia com 15% e Camili Capiberibe tinha 12%. Bruno Mineiro e Jorge Amanajás estavam com 7%, cada.

O Ibope ouviu 812 eleitores em 5 cidades amapaenses entre 9 e 11 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa, encomendada pela Rede Amazônica, foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com os protocolos AP-00010/2014 e BR-00608/2014. 

Simulação segundo turno

A pesquisa simulou dois possíveis segundo turno. No primeiro deles, Waldez (PDT) aparece com 50%, contra 31% de Lucas Barreto (PSD). Votos brancos e nulos somam 11%. Os eleitores que não sabem ou não responderam à pesquisa totalizam 8%.

Na possível disputa entre Waldez e Camilo Capiberibe, o candidato do PDT venceria por 55%, contra 23% do socialista. Votos brancos e nulos somam 12%. Os eleitores que não sabem ou não responderam à pesquisa totalizam 10%.

Rejeição

Capiberibe é o candidato com a maior rejeição: 46%. Na sequência, aparece Waldez, com 24%. Lucas Barreto, Bruno Mineiro, Genival Cruz, e Décio Gomes registraram 2%, cada. Amanajás  teve 1% das rejeições.

Ao todo, 8% dos eleitores disseram que poderiam votar em todos. Não souberam ou não responderam 14%.

Avaliação de governo

A pesquisa também ouviu a opinião dos eleitores sobre a administração do governador Camilo Capiberibe. Segundo o Ibope, 46% dos eleitores classificaram a administração como "péssima", enquanto 22% dizem que a administração é "regular".

Outros 14% dos entrevistados afirmam que a gestão é "ruim". Classificaram como "boa" 12% dos eleitores, 2% dos eleitores classificaram a gestão como "ótima" e 2% não sabem ou não responderam.

Disputa pelo Senado

O candidato do PMDB, Gilvam, aparece com 33% das intenções de voto na disputa ao cargo de senador no Estado. Na sequência, aparece Davi Alcolumbre (DEM), que registrou 19%, e Dora Nascimento, com 9%.

Moisés (PEN) tem 7% e a Coronel Palmira (PTC) 3% das intenções de voto. Pastor Jorvan (PRP) e Raquel Capiberibe (PMN) registraram 2%. O candidato pelo PSTU, professor Paulo Ricardo, e Marquinho Abreu (PRTB) têm 1%, cada. Ricardo Vilhena (PCB) não pontuou na pesquisa.

Votos brancos e nulos somam 9%. Os que não souberam ou não responderam totalizam 14%.

 

Últimas notícias Ver mais notícias