Operação no PR contra facções cumpre 757 mandados de prisão

De Curitiba

CURITIBA - As Polícias Civil e Militar do Paraná cumprem nesta quinta-feira (17) 757 mandados de prisão e quatro de busca e apreensão em uma grande operação para combater membros de facções criminosas que atuam dentro e fora dos presídios do Estado. No total, 1.500 policiais foram mobilizados para a Operação Alexandria, como foi intitulada a ação.

Segundo a Polícia Civil, além de Curitiba, municípios da região metropolitana e outras 72 cidades do interior do Estado e em oito unidades prisionais do Paraná também foram alvos da operação, que conta com o suporte do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Departamento de Execução Penal do Paraná (Depen).

Por uma decisão do Poder Judiciário, 237 telefones estão bloqueados e 28 contas bancárias também estão bloqueadas e seus bens, sequestrados.

Também foram interceptadas, com autorização judicial, mais de 30 mil ligações equivalentes a mais de 1,7 mil horas de conversas dos membros da facção e que envolvem doze Estados: Paraná, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Alagoas, Ceará, Goiás, Santa Catarina, Pernambuco, Rio Grande do Norte.

Últimas notícias Ver mais notícias