Eduardo Cunha é preso na Operação Lava Jato

do BOL, em São Paulo

  • Renato Costa/Folhapress

    Ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso nesta tarde pela Polícia Federal

    Ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso nesta tarde pela Polícia Federal

O deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso na Operação Lava Jato, em Brasília, e sua casa no Rio de Janeiro foi alvo de busca e apreensão.  As informações são da Folha de S.Paulo.

De acordo com a Folha, a prisão veio após a Polícia Federal realizar, nesta tarde, uma operação de busca e apreensão na casa do ex-deputado, que foi recentemente cassado por mentir sobre contas que possui na Suíça.
 
O juiz federal Sergio Moro, que passou a tratar do caso do ex-parlamentar após ele perder o foro privilegiado com a cassação, autorizou o processo.
 
Segundo o canal de notícias Globo News, Cunha teria ameaçado os delatores que citaram seu nome durante o processo de investigação da Lava Jato. A decisão de Moro visa preservar as possíveis provas que ainda podem ser encontradas contra o ex-parlamentar.
 
Ele deve chegar em Curitiba entre 17h e 18h. O ex-deputado é investigado sob suspeita de ter recebido propinas para liberar recursos da Caixa Econômica Federal, entre outros crimes.
 

(Com informações da Folha de S.Paulo)

Últimas notícias Ver mais notícias