Presos provocam tumulto em presídio no Recife após revista

Do UOL, em São Paulo

Internos do Complexo Prisional do Curado, na zona oeste do Recife, provocaram um tumulto na tarde desta quarta-feira (11) depois da realização de uma revista nas unidades do complexo. Não há informações sobre feridos.

O fato ocorreu no Presídio Aspirante Marcelo Francisco de Araújo. O Batalhão de Choque da PM (Polícia Militar) precisou ser acionado. Segundo a Seres (Secretaria Executiva de Ressocialização), "a movimentação já foi controlada".

O tumulto aconteceu após uma revista mais rigorosa feita no presídio pela PM, com o apoio de agentes penitenciários, "o que gerou a reação de insatisfação de alguns reeducandos em um dos pavilhões", informou a secretaria por meio de nota.

Pela manhã, durante a inspeção, foram apreendidas drogas, armas brancas e duas armas de fogo. 

Três vezes mais presos que capacidade

Segundo o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o Presídio Aspirante Marcelo Francisco de Araújo tem capacidade para 464 presos, mas em dezembro de 2014 --data do levantamento mais recente-- abrigava três vezes mais que sua capacidade (1.914).

A unidade carcerária masculina é destinada a presos provisórios e também a detentos que cumprem pena em regime fechado. 

De acordo com o CNJ, Pernambuco é o Estado que possui o maior deficit de vagas para presos no país. O índice é de 206,27%. Em segundo lugar no ranking, fica o Acre e em terceiro, o Distrito Federal.


Últimas notícias Ver mais notícias