Ex-senador boliviano asilado no Brasil é hospitalizado após acidente de avião

São Paulo, 12 ago (EFE).- O ex-senador boliviano Roger Pinto Molina, asilado no Brasil desde 2013, foi hospitalizado neste sábado depois de um acidente com o avião que ele próprio pilotava na cidade de Luziânia, no estado de Goiás.

A aeronave de pequeno porte caiu pouco depois da decolagem por motivos ainda desconhecidos e ficou completamente destruída, afirmou à Agência Efe um capitão do Corpo de Bombeiros de Goiás.

O capitão afirmou que o ex-senador ficou preso nas ferragens, o que dificultou o resgate. O estado de saúde de Molina não parecia bom na hora em que ele foi retirado da aeronave.

Os bombeiros e o Samu atenderam Molina no local do acidente e o levaram de helicóptero a um hospital de Brasília.

Molina foi até à embaixada do Brasil em La Paz em 2012, quando ainda era senador, alegando ser perseguido politicamente pelo governo de Evo Morales. Sem salvo-conduto da Bolívia, Molina conseguiu fugir e cruzar a fronteira com ajuda de diplomatas brasileiros.

A fuga provocou uma grande crise diplomática entre os dois países, que acabou com a renúncia do então ministro de Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, ainda no governo da ex-presidente Dilma Rousseff.

Últimas notícias Ver mais notícias