Homem morre após ficar preso em jaula a céu aberto em delegacia no Maranhão

do BOL, em São Paulo

  • Divulgação / Defensoria Pública

    Foto da Defensoria Pública mostra situação de jaula em delegacia do Maranhão

    Foto da Defensoria Pública mostra situação de jaula em delegacia do Maranhão

Um homem morreu na última segunda-feira (9) após ficar preso em uma jaula a céu aberto localizada nos fundos de uma delegacia da Polícia Civil em Barra do Corda, no Maranhão. O comerciante Francisco Edinei Lima Silva, de 40 anos, havia sido preso por estar dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica. A história foi destacada em reportagem do portal da RedeTV!

A família de Francisco alega que ele sofria de hipertensão e não recebeu o tratamento médico adequado na jaula, que não possui banheiro, teto ou água encanada. De acordo com o delegado Renilton Ferreira, o local é destinado aos presos provisórios. 
 
Após bater o carro contra uma moto, Francisco teria sido atendido na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Barra do Corda. Segundo os familiares, o homem se queixava de fortes dores de cabeça e mal-estar. 
 
Ele teria ficado na jaula com outros dois homens, sem receber assistência médica. O corpo de Francisco foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Imperatriz, também no Maranhão. 
 
(Com informações do portal da RedeTV!)
 
Quer receber conteúdo de graça por mensagem no seu Facebook? Clique AQUI e digite Notícias após acessar o Messenger. É muito simples!
 
Últimas notícias Ver mais notícias