Menino morto em acidente com van escolar é enterrado em SP

do BOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

    Ricardo Cleto Faverssani em foto com a mãe, Viviane Faverssani. O menino de 10 anos morreu em um acidente com van escolar na Grande SP

    Ricardo Cleto Faverssani em foto com a mãe, Viviane Faverssani. O menino de 10 anos morreu em um acidente com van escolar na Grande SP

O enterro de Ricardo Cleto Faverssani, de 10 anos, foi marcado por emoção e uma megacarreata na tarde de sábado (14), em Barueri, na região metropolitana de São Paulo.

O menino foi vítima do acidente ocorrido entre uma van escolar e um caminhão na sexta-feira (13), em Carapicuíba, na Grande SP, quando ia para a escola. De acordo com a "Folha de S.Paulo", uma carreata com cerca de 80 vans escolares acompanhou o funeral do garoto, realizado no Cemitério Municipal de Barueri. A cerimônia reuniu cerca de 250 pessoas e foi marcada por muita emoção e aplausos.

Leia também:

A mãe do adolescente, a cabeleireira Viviane Faverssani, 40, disse no velório que acreditava que o filho estava usando cinto de segurança e que "havia chegado a hora dele", porém a família aguarda laudos da perícia para decidir como agir.

Reprodução/TV Globo
13.abr.2018 - Van escolar após batida com caminhão, em Carapicuíba (SP)
O acidente aconteceu em Carapicuíba (SP), quando um caminhão desgovernado atingiu em cheio a van, deixando outras 12 crianças e quatro adultos feridos. Segundo o jornal "O Globo", a van ficou destruída por dentro. Com o impacto, bancos foram arrancados, o vidro se espalhou pelo chão, e a lataria foi partida ao meio.

O veículo de transporte de estudantes estava em situação regular, de acordo com informações divulgadas pela Folha de S.Paulo, porém o motorista admitiu em depoimento que estava parado em local proibido. O caminhão que causou o acidente supostamente teve problemas nos freios e ainda atingiu uma casa depois de bater no veículo. Os dois motoristas devem ser indiciados por homicídio culposo.

A van levava 15 crianças de Carapicuíba para a escola Dagmar Ribas Andrade, no município vizinho de Barueri. A cidade onde aconteceu o acidente decretou luto oficial de três dias.

De acordo com informações divulgadas pela Secretaria de Estado da Saúde à Folha, cinco crianças e jovens continuam internados, sendo dois em estado grave.

(Com informações da Folha de S.Paulo e O Globo)

Quer receber notícias de Brasil de graça por mensagem no seu Facebook? Clique AQUI e digite Brasil após acessar o Messenger. É muito simples!

Últimas notícias Ver mais notícias