Pesquisador ligado ao agronegócio é cotado para Meio Ambiente no novo governo

Gustavo Porto
Ribeirão Preto

  • Embrapa/Divulgação

    Evaristo Miranda participa de evento com Kátia Abreu em março de 2018

    Evaristo Miranda participa de evento com Kátia Abreu em março de 2018

O pesquisador Evaristo de Miranda, chefe da Embrapa Territorial, é o nome mais cotado para ser o ministro do Meio Ambiente no governo de Jair Bolsonaro. Miranda já teve um encontro com o presidente eleito e os já anunciados ministros Paulo Guedes (Economia), Sérgio Moro (Justiça) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil).

Miranda tem ligação com o agronegócio, perfil desejado pelo futuro presidente e teria o aval da indicada para o Ministério da Agricultura, a deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS). Ele é agrônomo e tem mestrado e doutorado em Ecologia pela Universidade de Montpellier (França).

Mais cedo, o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, informou, com outras fontes, que os outros dois nomes estão na lista de possibilidades: o deputado Evandro Gussi (PV-SP) e o ex-deputado Xico Graziano, até recentemente ligado ao PSDB, de São Paulo.

Últimas notícias Ver mais notícias