No Twitter, Mourão diz que filho presta 'excelentes serviços' no BB

Julia Lindner
Brasília

Pelo Twitter, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, voltou a defender a promoção do filho, Antônio, para a assessoria especial do Banco do Brasil. A nomeação aconteceu nesta segunda-feira, 7, mesmo dia em que o novo presidente do banco público, Rubem Novaes, assumiu o comando da instituição.

"Meu filho, Antônio, ingressou por concurso no BB há 19 anos. Com excelentes serviços, conduta irrepreensível e por absoluta confiança pessoal do Presidente do Banco foi escolhido por ele para sua assessoria. Em governos anteriores, honestidade e competência não eram valorizados", disse o vice-presidente.

Mais cedo, ao Broadcast Político, Mourão disse que a indicação ocorreu por mérito e que o filho era perseguido anteriormente. "Sem comentários. Possui mérito e foi duramente perseguido anteriormente justamente por ser meu filho", disse Mourão ao ser questionado.

Na prática, o salário do filho do vice-presidente triplicou. O novo posto equivale a uma cadeira de um executivo no banco com um salário de cerca de R$ 36 mil. A renda da função anterior de assessor empresarial girava em torno de R$ 12 a R$ 14 mil.

Últimas notícias Ver mais notícias