Desastres naturais afetaram mais de 7 milhões de latinos no fim de 2012

Leda Letra
Da Rádio ONU em Nova York

  • Orlando Barría/EFE

    Homem caminha em rua inundada em Ohaute Ducap, no Haiti, por causa do furacão Sandy

    Homem caminha em rua inundada em Ohaute Ducap, no Haiti, por causa do furacão Sandy

No último trimestre do ano passado, cerca de 30 desastres naturais afetaram 7,3 milhões de pessoas na América Latina e no Caribe. Os dados são do Escritório da ONU de Assistência Humanitária, Ocha.

Na comparação com 2011, o total de desastres naturais na região foi 90% maior. Entre outubro, novembro e dezembro, a temporada de furacões teve 19 tormentas, sete a mais que a média histórica.

Sandy

O Ocha lembra que o furacão mais devastador foi o Sandy, que deixou 70 mortos e afetou mais de 3 milhões de pessoas nas Bahamas, Cuba, Haiti, Jamaica e República Dominicana.

O Sandy atingiu os países caribenhos antes de chegar à costa leste dos Estados Unidos, onde as perdas econômicas superam os US$30 bilhões, ou quase R$ 60 bilhões, destaca o Ocha.

O escritório das Nações Unidas lembra que o fenômeno El Niño provocou desastres nos últimos três meses do ano em países da América do Sul. A Bolívia foi a nação mais atingida, onde as secas, inundações e tempestades de granizo afetaram mais de 115 mil pessoas.

Previsões

A expectativa para o começo de 2013 é que o El Niño se comporte de forma neutra. As secas também ocorreram na Guatemala e Honduras; já as inundações afetaram vários países, como Colômbia, Paraguai e Peru.

O Ocha destaca também que a América Latina presenciou frio extremo, tormentas e epidemias, gerando alertas de dengue no Peru e Paraguai e de cólera no Haiti e na República Dominicana.

Para 2013, o escritório estima que haja crescimento econômico na região, impulsionado pela recuperação da Argentina e do Brasil. Mas o Ocha lembra que apesar disso, problemas sociais, como desigualdade, pobreza, violência e falta de planejamento urbano, são fatores altamente relacionados às crises humanitárias na América Latina.

Últimas notícias Ver mais notícias