Jovem com compulsão por arrancar cabelo registra doença em vídeo de selfies

Do UOL, em São Paulo

A jovem inglesa Rebecca Brown, 21, tirou fotos de si mesma durante seis anos para mostrar efeitos de transtornos mentais que sofria, caracterizados pela compulsão em arrancar os cabelos e causar ferimentos em sua pele.

As 2.100 fotos, que começaram a ser clicadas em 2007, quando ela tinha 14 anos, foram reunidas em um vídeo de quatro minutos. Nele, a jovem aparece com diferentes visuais e sintomas aparentes.

Rebecca foi diagnosticada com Tricotilomania, transtorno mental que faz a pessoa arrancar os cabelos quando se sente tensa, sentindo alívio em seguida. E com Dermatotilexomania, transtorno caracterizado pela compulsão em causar ferimentos na própria pele com as unhas ou objetos.

Ao conviver com os dois transtornos, Rebecca tornou-se depressiva com tendência suicida e chegou a ser hospitalizada. Mas nem isso a impediu de continuar com as fotos e de tentar manter o sorriso nelas.

Segundo a jovem, ela fez o vídeo para inspirar as pessoas ao mostrar que a "beleza é mais do que vemos com os olhos".

"As pessoas são mais do que sua condição de saúde. Eu sou mais do que meu cabelo e minha pele", escreveu na sua descrição no Youtube, onde o vídeo foi publicado.

Ainda segundo Rebecca, seu estado de saúde "continua uma batalha diária".

Selfies que deram o que falar
Veja Álbum de fotos
Últimas notícias Ver mais notícias