Mais Médicos: sobram vagas em áreas indígenas e na Amazônia

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Ladeira/ Folhapress

    Arquivo - Ministro da Saúde participa de evento de recepção de médicos brasileiros formados no exterior

    Arquivo - Ministro da Saúde participa de evento de recepção de médicos brasileiros formados no exterior

Com exceção de uma vaga no Piauí, todos os 115 postos disponíveis no programa Mais Médicos ficam no Norte do Brasil, principalmente em distritos indígenas e em cidades da região amazônica. Trata-se de postos de trabalho para os quais nenhum profissional manifestou interesse no cadastro online.

Os médicos têm até 14 de dezembro para assumir os postos de trabalho em 2.824 cidades e 34 distritos indígenas em todo Brasil. Das 8.517 vagas deixadas por cubanos, 44% foram efetivamente preenchidas por brasileiros, que se inscreveram e se apresentaram para trabalhar, segundo o Ministério da Saúde.

Das 115 vagas disponíveis no programa em 31 municípios, 67, ou 58%, ficam em terras indígenas, como o Distrito Indígena Médio Solimões (9), Alto Rio Negro (13) e Alto Solimões (22), todos no Amazonas. Também faltam médicos em cidades do Amapá, Pará e Rondônia, todas na região Norte.

No Nordeste, a vaga disponível fica em Guaribas, no Piauí, cidade piloto do Programa Fome Zero (2003), que depois se transformou no Bolsa Família. Carente, 58% da população local era analfabeta no ano 2.000, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Aos que aceitarem o emprego, o governo oferece uma bolsa de R$ 11,8 mil e auxílio moradia em alguns municípios.

Conheça as cidades onde ainda faltam médicos:

Boa Vista do Ramos (AM) – 2

Coari (AM) – 1

Distrito Indígena Alto Rio Negro (AM) – 13  

Distrito Indígena Parintins (AM) – 4

Distrito Indígena Alto Solimões (AM) – 22

Distrito Indígena Javari (AM) – 5

Distrito Indígena Médio Purus (AM) – 7

Distrito Indígena Médio Solimões (AM) – 9

Eirunepe (AM) – 3

Envira (AM) – 4

Fonte Boa (AM) – 3

Juruá (AM) – 2

Jutaí (AM) – 5

Maraa (AM) – 2

Santo Antônio do Ica (AM) – 3

São Paulo de Olivença (AM) – 5

Tapaua (AM) – 2

Tonantins (AM) – 1

Anapu (PA) – 1

Bragança (PA) – 1

Cumaru do Norte (PA) – 2

Distrito Indígena Guama Tocantins (PA) – 1

Distrito Indígena Tapajós (PA) – 6

Itaituba (PA) – 2

Monte Alegre (PA) – 1

Novo Progresso (PA) – 1

Novo Repartimento (PA) – 2

Ourilândia do Norte (PA) – 1

Guaribas (PI) – 1

Cabixi (RO) – 1

Cujubim (RO) – 1

Seringueiras (RO) – 2 

Últimas notícias Ver mais notícias