Erupção do vulcão Bromo atrapalha tráfego aéreo na Indonésia

Jacarta, 27 jan (EFE).- As nuvens de cinzas que saem do vulcão Bromo, na ilha de Java, estão atrapalhando o tráfego aéreo à ilha de Bali, relatou nesta quinta-feira a companhia aérea australiana Jetstar.

Embora as autoridades indonésias mantenham o alerta abaixo do nível máximo, a Jetstar comunicou que para evitar o risco que as nuvens representam, suspendeu cinco voos com destino a Bali que deveriam partir das cidades de Sydney e Darwin.

Pelo mesmo motivo, a companhia aérea também suspendeu outros três voos do aeroporto de Denpasar, em Bali, que iriam a distintas cidades da Austrália.

Segundo um comunicado do Departamento de Meteorologia de Darwin, no norte da Austrália, a nuvem de cinzas causada pela erupção do Bromo se deslocou cerca de 370 quilômetros ao noroeste do vulcão.

No final de novembro, as autoridades indonésias declararam alerta máximo no vulcão do Monte Bromo, e o mantiveram durante duas semanas.

Em 2004, o vulcão de 2.329 metros de altura e que também é chamado de Tengger registrou sua penúltima erupção e causou a morte de pelo menos duas pessoas.
Últimas notícias Ver mais notícias