Brasileira Óleo e Gás aprova oferta para venda de ativos na Colômbia

Rio de Janeiro, 25 abr (EFE).- A companhia Óleo e Gás, antiga OGX, aprovou nesta sexta-feira a proposta para vender ativos na Colômbia, segundo anunciou o Conselho de Administração do conglomerado reunido no Rio de Janeiro.

A proposta por um valor de US$ 30 milhões prevê a liberação de obrigações reguladoras e US$ 14 milhões mais como garantia em cartas de crédito "assinadas por bancos de primeira linha" exigidas pela reguladora Agência Nacional de Hidrocarbonetos, segundo a empresa em comunicado.

A companhia, que não divulgou o nome do interessado em comprar os ativos, aceitou as condições por estar "alinhada" ao processo de reestruturação, geração de liquidez a curto prazo e redução dos custos administrativos na Colômbia.

A empresa Óleo e Gás Participações (OGP) foi o nome dado à companhia petrolífera OGX, do multimilionário brasileiro Eike Batista, após acolher-se à lei de falências no final de 2013.

Últimas notícias Ver mais notícias