Brasil perdeu uma vaga com carteira assinada a cada 24 segundos em 2016

Ricardo Marchesan
Do UOL, em São Paulo

O Brasil terminou 2016 com 1,32 milhão de empregos com carteira a menos do que no começo do ano. Isso corresponde a uma vaga fechada a cada 24 segundos em 2016. A conta foi feita com base nos dados divulgados pelo Ministério do Trabalho na sexta-feira (20).

Apesar de negativo, o resultado foi menos ruim do que o registrado em 2015. Naquele ano, foram fechadas 1.542.371 vagas, pior resultado desde o início da pesquisa, em 1992. Isso equivale a uma vaga fechada a cada 20,4 segundos.

O número de empregos cortados é o saldo, ou seja, o total de demissões menos o de contratações no período. Em 2016, foram 14,7 milhões de contratações e cerca de 16,1 milhões de demissões.

Com isso, o Brasil fechou 2016 com um total de 38,4 milhões de trabalhadores com carteira assinada. Em 2015, eram 39,7 milhões.

IBGE faz pesquisa diferente

Os dados divulgados pelo Ministério do Trabalho consideram apenas os empregos com carteira assinada.

Existem outros números sobre desemprego apresentados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que são mais amplos, pois levam em conta todos os trabalhadores, com e sem carteira.

A última pesquisa divulgada pelo IBGE mostrou que o Brasil tinha, em média, 12,1 milhões de desempregados no trimestre de setembro a novembro.

Últimas notícias Ver mais notícias