Previsão de superávit comercial em 2017 sobe a US$ 55,15 bi, mostra Focus do BC

Idiana Tomazelli
Brasília

Os economistas do mercado financeiro melhoraram suas projeções para a balança comercial em 2017 e 2018, conforme o relatório Focus do Banco Central. A estimativa de superávit comercial neste ano foi de US$ 53,30 bilhões para US$ 55,15 bilhões, ante US$ 52,00 bilhões de um mês antes. Na estimativa mais recente do BC, o saldo positivo de 2017 ficará em US$ 51,00 bilhões.

Para 2018, os economistas do mercado projetam um superávit comercial de US$ 42,99 bilhões, ante os US$ 42,30 bilhões da semana anterior. Há um mês, a expectativa era de US$ 42,00 bilhões.

No caso da conta corrente, as previsões contidas no Focus para 2017 indicaram déficit de US$ 24,66 bilhões, menos que o déficit de US$ 25,62 bilhões projetado há uma semana. Há um mês, a projeção estava em déficit de US$ 26,00 bilhões. Já a estimativa do BC para o déficit em conta corrente em 2017 é de US$ 30,0 bilhões.

O mercado, por sua vez, piorou a projeção de rombo nas contas externas em 2018, de US$ 36,59 bilhões para US$ 37,00. Um mês atrás, o rombo projetado era de US$ 36,75 bilhões.

Para os analistas consultados semanalmente pelo BC, o ingresso de Investimento Direto no País (IDP) será mais do que suficiente para cobrir o resultado deficitário, tanto em 2017 quanto em 2018. A mediana das previsões para o IDP em 2017 subiu de US$ 76,00 bilhões para US$ 78,50 bilhões. Há um mês, estava em US$ 75,00 bilhões. A projeção atual do BC para este ano é de IDP de US$ 75,00 bilhões.

Para 2018, a perspectiva de volume de entradas de investimento direto, de acordo com o Focus, segue em US$ 75 bilhões, mesmo patamar de quatro semanas antes.

Últimas notícias Ver mais notícias