Moody's diz que alegações sobre Temer podem paralisar reformas e pressionar rating

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco Moody's Investors Service afirmou que as alegações envolvendo o presidente Michel Temer podem colocar pressão negativa sobre o rating do Brasil se reformas importantes paralisarem.

"Uma dinâmica de atraso de reformas que ameaçaria a implementação de reformas fiscais colocaria pressão negativa sobre o rating", disse a agência em comunicado.

(Reportagem de Tatiana Bautzer)

Últimas notícias Ver mais notícias