Netflix ultrapassa 100 milhões de assinantes e se valoriza na bolsa

Nova York, 17 jul (EFE).- O Netflix registrou 5,2 milhões de novos assinantes no último trimestre, totalizando 104 milhões, resultados que fizeram as ações da empresa subirem 10,7% nesta segunda-feira em Wall Street.

Em uma carta aos acionistas, o Netflix atribuiu ao seu "genial conteúdo" o crescimento maior do que o esperado no número de assinantes, que passou de 99 milhões para 104 milhões.

"Também cruzamos a meta simbólica de 100 milhões de membros, e mais internacionais do que domésticos. Foi um bom trimestre, afirmaram os responsáveis pela empresa em comunicado.

O Netflix, que tinha previsto ganhar 3,2 milhões de assinantes contra os 5,2 milhões obtidos, disse que 1,1 milhão são americanos, o número mais alto desde o segundo trimestre de 2011.

Quanto aos assinantes internacionais de seu serviço de streaming, a empresa com sede na Califórnia indicou que eles já representam mais da metade do total de usuários.

As ações do Netflix subiram 10,7% depois do anúncio dos resultados da empresa. Desde a último anúncio de desempenho, a companhia lançou as últimas temporadas de "House of Cards" e "Orange is the New Black". No último Prêmio Emmy, as produções originais do Netflix obtiveram 91 indicações.

Últimas notícias Ver mais notícias