Wall Street fecha em queda, influenciada por Turquia e dólar

Nova York, 10 Ago 2018 (AFP) - Wall Street fechou em queda nesta sexta-feira (10), influenciada pela desvalorização da lira turca, que desatou o medo de contágio de outras moedas e fortaleceu o dólar como valor de refúgio.

O índice industrial Dow Jones recuou 0,75% a 25.313,14 pontos, e o Nasdaq, de valores eletrônicos, baixou 0,67% a 7.839,11. O S&P 500 perdeu 0,71%, fechando a 2.833,28 unidades.

No acumulado da semana, o Dow e o S&P 500 baixaram, respectivamente, 0,59% e 0,25%, enquanto o Nasdaq subiu 0,35%.

"Os fatores de risco que rodeiam a situação na Turquia são elevados", disse Peter Cardillo, da Spartan Capital.

A lira turca, que vinha em queda, perdeu até 24% do valor nesta sexta-feira perante o dólar. A perda de valor foi exacerbada pela decisão do presidente americano, Donald Trump, de dobrar a tarifação sobre o alumínio e o aço turcos, que tinha sido imposta meses atrás.

Trump justificou sua decisão afirmando que com a depreciação de sua moeda, a Turquia barateia suas exportações.

Mas a crise na Turquia, impulsionada pela alta da inflação, põe em risco bancos expostos aos ativos deste país.

Ancara "poderia fazer sofrer alguns Estados europeus como Itália, Espanha ou França, ao fazer pressão sobre o setor bancário", disse Cardillo.

O Banco Central Europeu está preocupado no eventual contágio desta crise e teme que afete bancos europeus presentes na Turquia, reportou nesta sexta-feira o jornal Financial Times.

A queda da lira turca, em contrapartida, favoreceu o dólar como valor de refúgio. A moeda americana atingiu sua melhor cotação em um ano em uma cesta de seis moedas, entre elas o euro.

No mercado da dívida, o rendimento dos bônus do Tesouro dos Estados Unidos a 10 anos caia a 2,872% contra 2,926% de quinta-feira e o dos bônus a 30 anos recuava a 3,033% contra 3,072% da véspera

alb/jum/gm/mvv

CATERPILLAR

BOEING

Últimas notícias Ver mais notícias