Propostas para Previdência divulgadas pela imprensa não são de nossa autoria, diz Bolsonaro

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), rechaçou nesta sexta-feira (9) em sua conta no Twitter propostas de reforma da Previdência que poderiam ser aprovadas por projeto de lei e não por emenda à Constituição publicadas em reportagens pela imprensa.

"As propostas de reforma da Previdência divulgadas pela imprensa, sugerindo 40 anos de contribuição para aposentadoria integral e 22% de alíquota de INSS, não são de nossa autoria como tentam atribuir falsamente", afirmou.

Leia também:

Bolsonaro, contudo, não disse se é a favor ou contra essas mudanças.

O presidente eleito já sinalizou que poderia apoiar uma reforma da Previdência para passar no Congresso ainda este ano sem que altere a Constituição.

(Por Ricardo Brito)

Últimas notícias Ver mais notícias