Compositor de hits da Motown, Nick Ashford morre aos 70 anos

Nekesa Mumbi Moody
De Nova York

  • AP

    Os compositores Nick Ashford e Valerie Simpson em evento na Califórnia (14/05/2005)

    Os compositores Nick Ashford e Valerie Simpson em evento na Califórnia (14/05/2005)

Nick Ashford, metade da dupla de compositores da Motown Ashford e Simpson, que escreveram clássicos elegantes e cheios de soul para nomes como Diana Ross e Marvin Gaye, e hits do funk para Chaka Khan e outros, morreu nesta segunda-feira (22) aos 70 anos, disse seu ex-agente.

Ashford, que ao lado de sua mulher Valerie Simpson compôs alguns dos maiores hits da Motown, morreu em um hospital de Nova York, disse a agente Liz Rosenberg, que era amiga de longa data de Ashford. Ele sofria com câncer na garganta e estava passando por tratamento de radioterapia, informou Rosenberg à AP.
 
Embora eles tenham alcançado seu maior sucesso na Motown com clássicos como "Ain't No Mountain High Enough" e "Reach Out and Touch Somebody's Hand" para Diana Ross e "You're All I Need To Get By" para Marvin Gaye e Tammi Terrell, Ashford e Simpson também criaram hinos para outros, como "I'm Every Woman" de Chaka Khan (e mais tarde regravada por Whitney Houston). Ashford e Simpson também conseguiram sucesso compondo músicas para si --talvez a mais conhecida delas tenha sido o hit dos anos 80 "Solid As a Rock".
 
"Sua música é incomparável em termos de composição", disse Verdine White, do Earth, Wind and Fire, após saber da morte do amigo. "Eles tinham magia e foi isso o que fez com que eles criassem esses hits maravilhosos", emendou. "Sem essas músicas, os artistas não teriam conseguido chegar em um próximo nível".
 
Outros da indústria musical também lamentaram a perda. No Twitter, Alicia Keys escreveu: "estou muito triste que ele se foi. Muito dos maiores estão indo para um lugar melhor. Que legado de música contagiante você deixou, cara!"
 
O relacionamento entre Ashford e Simpson se estendeu por mais de quatro décadas. Eles se conheceram em 1964 em uma igreja de Nova York. Ashford, nativo da Carolina do Sul, estava na cidade para tentar a carreira como dançarino. Simpson era uma estudante de música. Após se juntarem, decidiram começar a compor juntos. "Eles sempre estiveram confortáveis um com o outro e eles deixaram todos nós confortáveis, por estarem confortáveis", disse White.
 
Seu primeiro grande sucesso aconteceu quando eles fizeram "Let's Go Get Stoned" para Ray Charles. A canção blues e com toques de gospel se tornou um hit para Charles e, pouco depois, chamou a atenção da Motown, fazendo com que eles logo começassem a compor para seus artistas.
 
Eles começaram escrevendo trabalhos românticos e emocionantes para o duo Gaye e Terrell que virariam clássicos instantâneos, como "Your Precious Love" e "Ain't Nothin' Like The Real Thing". Na verdade, "Ain't No Mountain High Enough" havia sido feita originalmente para eles, mas Diana Ross a regravou com um novo arranjo de grandeza pop que fez com a música virasse dela.
 
Ross pode ter sido a maior musa da dupla. Com ela, eles tiveram algumas de suas maiores canções e ajudaram-na a construir uma carreira de hits que diferenciariam sua carreira solo dos tempos com o Supremes. Entre as músicas que viraram hits de Ross estiveram "Reach Out and Touch", "The Boss", "My House" e "Missing You", um tributo para Gaye e outros. Eles também fizeram algumas das músicas de "The Wiz", o musical para o cinema que contou com Ross e Michael Jackson.
 
Em uma indústria onde casamentos e parcerias são passageiros, Ashford e Simpson sobreviveram ao teste do tempo. "Eles eram casados e trabalhavam juntos, e isso era especial em relação a eles. Todos admiravam isso", disse White.
 
O duo, casado por 38 anos, ajudou a vender milhões de discos para diversos artistas. Eles também tiveram sucesso com sua própria carreira mas, com exceção de "Solid As a Rock", suas faixas foram menores do que as que fizeram para outros. Eles continuaram a fazer hits mesmo no novo milênio: a dupla é creditada como colaboradora para "Tears Dry On Their On", de Amy Winehouse.
 
Em anos mais recentes, a dupla continuou a tocar. Eles também eram donos do restaurante Sugar Bar, em Nova York, onde muitos nomes de sucesso e talentos emergentes se apresentavam.
 
Em 2002, Ashford e Simpson foram incluídos no Hall da Fama dos compositores. Ashford deixa sua mulher e duas filhas.
Últimas notícias Ver mais notícias