Serra do Rio do Rastro, em SC, é cenário ideal para viagens estradeiras

Aldo Tizzani
Da Infomoto

Cartão-postal da Serra Catarinense, a Serra do Rio do Rastro fica encravada na montanha entre Lauro Müller e Bom Jardim da Serra. Dos 35 quilômetros da SC-438 que ligam os dois municípios, 15 quilômetros foram construídos em concreto armado e colocam à prova as habilidades dos motoristas, já que são dezenas de curvas fechadas e pequenas retas pelo caminho.

A Serra do Rio do Rastro se coloca como um grande parque de diversões, ou melhor, uma gigantesca montanha russa. Nela o piloto pode se divertir e ter aquela sensação de "friozinho" no estômago em função das subidas e descidas íngremes, com visão para os abismos. Para maior segurança há mureta de um metro de altura.

Com o tempo, o receio e a apreensão dão lugar ao prazer de pilotar em um dos lugares mais belos do país. Rodar por este trecho da estrada – considerada uma das mais incríveis do mundo – é diversão garantida para qualquer tipo de motorista.

A pacata Bom Jardim da Serra, cidade-base para a produção deste roteiro, fica no topo da serra, a quase 1.500 metros de altitude e oferece acesso para outros municípios catarinenses e gaúchos. Na região existem 35 cachoeiras, 14 rios e nove cânions, atrações que lhe renderam a alcunha de "Capital das Águas".

Famosas pelas temperaturas mais baixas do Brasil, as cidades de Bom Jardim da Serra e São Joaquim, na Serra Catarinense, ficam cobertas de branco, efeito da neve e geadas, no inverno. Nas outras estações do ano, a região oferece temperaturas agradáveis, belas paisagens e opções de passeios para todo tipo de turista. Confira um roteiro completo que irá facilitar a vida dos motoristas aventureiros.

Principais pontos turísticos

Mirante da Serra do Rio do Rastro - O mirante oferece visão panorâmica da Serra do Rio do Rastro. O local fica a 11 km do centro de Bom Jardim da Serra e está a 1.460 metros de altitude. No local é possível tomar um café ou chocolate quente e alimentar os quatis. Em dias de céu azul, é possível avistar cidades do litoral como Laguna e Tubarão. Infelizmente, o cartão postal da Serra Catarinense estava com o sistema de iluminação inoperante. Ou seja, o turista perdeu uma visão fantástica da serra iluminada à noite e mais uma atração, além de ter a segurança comprometida.

Usina Eólica - A visão é de uma "plantação" de cataventos gigantes. Cada estrutura conta com três pás e 50 metros de altura. A usina chama a atenção de quem sobe a Serra do Rio do Rastro, na SC-438, e chega ao mirante. Trata-se de uma estação experimental de energia eólica (produzida a partir do vento).

  • Renato Durães/Agência Infomoto

    Nascer do sol é fotografado desde um dos muitos mirantes da Serra do Rio do Rastro

Cânion Funil – Quem nunca esteve em um cânion deve conhecer essa formação rochosa que dá nome ao lugar (propriedade particular). Para chegar lá é preciso de um veículo 4x4 ou um moto on/off-road, no mínimo. Depois de mais de uma hora rodando pelo descampado é hora de preparar a máquina fotográfica e a filmadora. Com certeza o Cânion Funil oferece uma visão inesquecível da região. Informações, ligue (49) 9127-1014.

Salto do Passo Velho – É o maior conjunto de quedas d´água de Bom Jardim da Serra e fica às margens da rodovia SC-438, a 8 km do centro da cidade. Para chegar até a cascata, é preciso atravessar uma porteira e pedir autorização, já que está dentro de área privada. Por isso, o mais indicado é visitar o local acompanhado de um guia local ou em grupos organizados pelas pousadas. É preciso um pouco de paciência e habilidades off-road, já que o piso de terra batida é bastante escorregadio. O preparo físico também é um requisito para descer e subir os 160 degraus que dão acesso às quedas. O lugar também tem valor histórico, pois foi parada obrigatória dos tropeiros do século XVIII que subiam a serra em direção ao interior de São Paulo.

O que fazer

Cavalgada Aparados da Serra - Bom Jardim da Serra é o ponto de largada ou chegada da tradicional Cavalgada Aparados da Serra, um longo trajeto de quase 300 km até São Francisco de Paula (RS). Informações: (49) 3232-0197.

Snow Valley Adventure Park – No Vale da Neve, atividades para toda a família. Até mesmo crianças, a partir de 12 anos, acompanhadas dos pais, podem participar. São inúmeras atividades outdoor, entre elas tirolesa, arvorismo, arco e flecha, pêndulo e passeios com quadriciclos, que podem percorrer uma trilha de 3,5 km. O passeio, que dura em média 40 minutos custa R$ 60, por pessoa. Informações: (49) 3233-3447 ou acesse www.valedaneve.com.br.

Villa Francioni – Para quem deseja conhecer uma vinícola, o local é uma boa opção. Nossa sugestão é deixar o veículo no hotel ou pousada e solicitar um transfer. Com arquitetura diferenciada e vinhedos por todos os lados, a Villa Francioni oferece ao turista visita monitorada com passagem por todos os estágios da elaboração dos vinhos e até degustação. A entrada custa R$ 30 que pode ser revertida na compra de vinhos. Os preços variam entre R$ 40 a R$ 180. Informações: (49) 3233-8200.

  • Renato Durães/Agência Infomoto

    Na Serra Catarinense, a Villa Francioni é parada obrigatória para quem gosta de vinhos terroir

Onde Ficar

Rio do Rastro Eco Resort – Fica no topo da Serra do Rio do Rastro, de frente para o mirante e faz parte dos "Roteiros de Charme", seleto grupo de hotéis e pousadas que contam com estilos e serviços diferenciados, sem abrir mão do atendimento personalizado e de uma rígida conduta ambiental. Os chalés têm varanda, calefação, aquecimento central de água, aquecimento de toalhas e TV com antena parabólica. Ou seja, muito conforto e requinte. Há um lago para pesca de trutas e passeios de canoa, trilhas ecológicas e cascatas. O resort oferece ainda passeios a cavalo e spa. Destaque também para a comida serrana. Por isso, não deixe de experimentar o entrevero, o peixe (truta) na pedra, os pratos à base de pinhão e, é claro, o tradicional churrasco em fogo de chão. Diárias a partir de R$ 332. Informações: www.riodorastro.com.br.

Turismo rural na Fazenda Santa Rita - O casal Márcia Paladini e Manuel Cardoso deixam os hóspedes bastante à vontade. Com apenas dez apartamentos, a fazenda oferece ambiente acolhedor a 20 km da Serra do Rio do Rastro (e apenas 2 km de estrada de terra em boas condições). As atividades estão ligadas ao cotidiano da fazenda como ordenha e passeios à cavalo, caminhadas, passeios de charrete e música ao redor do tradicional fogo de chão. A culinária segue os pratos da tradicional cozinha italiana e a base de pinhão, tudo preparado pelas mãos habilidosas da proprietária. Não deixe de experimentar o strudel (massa foleada com recheio e maça) e a sapecada de pinhão. Diárias a partir de R$ 270. Informações: www.fazendasantaritatr.com.br.

Onde Comer

Churrascaria Cascata – O nome diz tudo. Fica ao lado da Cascata Barrinha. Além de um bom número de cortes de carne, o restaurante oferece aos clientes arroz carreteiro, feijão tropeiro e outros pratos da culinária serrana. Se preferir experimente um vinho de altitude. Combinação perfeita. Mas se beber, não pilote! A Churrascaria Cascata fica na Rodovia SC 438, Km1. Informações: www.churrascariacascata.com.br.

A guerreira

Neste tour pela Serra do Rio do Rastro (SC) optamos por uma Honda XL 700V Transalp, já que precisávamos de uma moto versátil, que rodasse com desenvoltura tanto na estrada quanto na terra. Na serra e nos deslocamentos por estradas de chão batido a potencia é o de menos, o que importa realmente é o torque. E neste quesito, a bigtrail da Honda não deixou a equipe da INFOMOTO na mão. Ergonomia adequada e um relativo conforto, o modelo de uso misto da Honda oferece uma boa ciclística, com destaque para a suspensão de longo curso e os freios a disco em ambas as rodas (duplo na dianteira). Guerreira, a Transalp superou os obstáculos, sem grandes dificuldades.

Trecho de Serra com "grooving"

Um detalhe interessante é que nos 15 quilômetros da SC-438, trecho que cruza a Serra do Rio do Rastro, 12 receberam ranhuras no piso, o chamado grooving. Solução usada também nas pistas de pouso em aeroportos. A medida foi tomada para oferecer maior segurança aos motoristas e motociclistas, já que aumenta a tração e aderência dos veículos. Com chuva ou neblina a atenção deve ser redobrada.

Principais distâncias até Bom Jardim da Serra (SC):

Brasília (DF): 1.863 km
Curitiba (PR): 488 km
Florianópolis (SC): 212 km
Porto Alegre (RS): 365 km
São Paulo (SP): 892 km

Últimas notícias Ver mais notícias