Dominguinhos continua sedado e respira com a ajuda de aparelhos

Do UOL, em São Paulo

  • Folhapress

    Abr.98 - O cantor, compositor e sanfoneiro Dominguinhos

    Abr.98 - O cantor, compositor e sanfoneiro Dominguinhos

O cantor Dominguinhos permanece internado no CTI (Centro de Terapia Intensiva) do hospital Santa Joana, em Recife para tratamento de uma arritmia cardíaca e de uma infecção respiratória. O músico está sedado e respira com a ajuda de aparelhos. Seu estado de saúde é estável, sem previsão de alta, segundo boletim médico enviado pelo hospital nesta segunda-feira (31).

Internado desde o dia 17, Dominguinhos precisou, na noite do dia 22 de dezembro, da colocação de um marca-passo temporário por causa de uma intensificação da arritmia cardíaca. O quadro pulmonar também teve "melhora discreta".

Na dia 20, a família de Dominguinhos --cujo nome verdadeiro é José Domingos de Moraes-- divulgou uma nota pedindo orações e pensamentos positivos de seus fãs. "O apoio do público que sempre admirou e acompanhou seu trabalho é de grande importância", diz a nota.

A cantora Elba Ramalho também pediu por preces. "Dominguinhos, nosso querido mestre, se interna em Recife em estado grave. Ó Deus! Pedimos orações", escreveu ela em seu Twitter.

Diagnosticado com câncer de pulmão há cinco anos, Dominguinhos sofreu um princípio de infarto no início de 2011, quando foi internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.  Ele foi foi submetido a um cateterismo e a uma angioplastia. Por conta de seu estado de saúde, cancelou dois shows no final de 2011.

Também no ano passado, o músico foi tema do documentário "Dominguinhos Volta e Meia" sobre sua vida e obra. O filme foi idealizado pela cantora e compositora Mariana Aydar, pelo multiinstrumentista e produtor musical Duani Martins, e pelo pianista Eduardo Nazarian.

Carreira

Nascido em Garanhuns, Pernambuco, Dominguinhos conheceu Luiz Gonzaga na infância e, ganhou dele, sua primeira sanfona, aos 13 anos, tornando-se herdeiro artístico do rei do baião. Entre suas músicas mais conhecidas estão "De Volta para o Aconchego", "Isto Aqui Tá Bom Demais" e "Eu Só Quero Um Xodó". Esta última, de 1973, já foi regravada mais de 250 vezes, inclusive em inglês, holandês e italiano.

Últimas notícias Ver mais notícias