Roberto Carlos chama Anitta de "poderosa" em gravação de especial para TV

Carla Neves
Do UOL, no Rio

Em 2013, o especial de fim de ano de Roberto Carlos comemora 40 anos na Globo e, neste sábado (23), o cantor gravou seu tradicional espetáculo de Natal na Cidade das Artes, no Rio. O evento contou com homenagens, surpresas e participações especiais de atores, como Tatá Werneck e Tiago Abravanel, e músicos, como Lulu Santos e Anitta.

O ponto alto da noite foi quando Roberto Carlos surpreendeu a todos ao cantar uma versão da música "Show das Poderosas" com Anitta. "Gente, olha só: estou cantando com o Roberto Carlos! Quase desafinei umas cinco vezes. Estou me sentindo poderosa", disse a cantora, sendo imediatamente elogiada pelo cantor: "Mas você é".

Depois de cantarem juntos, Roberto brincou e disse que ficou "babando", referindo-se ao refrão da música. O cantor também não poupou elogios às bailarinas da funkeira e até brincou quando, a pedido da direção, gravou novamente a música com Anitta. "Temos que fazer de novo esse número, o que para mim é um prazer muito grande. Muita alegria. Obrigado, Anitta. Obrigado, poderosas", disse ele.

A participação de Anitta, aliás, foi marcada por uma grande brincadeira feita por Tatá Werneck, a Valdirene da novela "Amor à Vida". É que a atriz subiu ao palco e engatou uma conversa animada com o cantor depois de quase beijá-lo na boca. "Ah, Roberto, por pouco! Que honra! Não sei como vou pagar essa roupa. Dividi em dez vezes no cartão de uma tia. Você não sabe como é grande meu amor por você. Lá em casa, todo mundo é seu fã. Obrigada pelo convite e pelo lanche que me serviram lá atrás. Estou de calcinha-short, sem respirar há uma semana", brincou Tatá.

Roberto Carlos agradeceu e logo elogiou a atriz: "Essa menina é maravilhosa. A gente fica vendo ela na televisão e rindo". Em seguida, Tatá começou a dublar Anitta, que apareceu no palco. "Agora, com vocês, um dueto inusitado e inesquecível: Anitta e o rei", anunciou a atriz.

Repertório musical
Para abrir o show, o cantor escolheu a música "Emoções" e, em seguida, leu o poema "O Tempo Passa? Não Passa", de Carlos Drummond de Andrade. "Que prazer rever vocês. Que emoção estar aqui mais uma vez e sempre. E é por isso que não dá para dizer e deixar de cantar...", disse ele, antes de cantar "Emoções".

Lulu Santos foi o primeiro convidado a subir ao palco e cantou "Como Uma Onda no Mar". Emocionado, Lulu lembrou que conhece Roberto Carlos desde que tinha 21 anos. "Fui escalado para tocar sintetizador num show seu. Desse dia em diante, você sempre me tratou com muito respeito. Quando eu tinha 11 anos, meu tio Haroldo me levou para assistir à transmissão da Jovem Guarda e foi ali que decidi ser quem sou. Eu acho que eu acho que eu estou sonhando. Me belisca? Muito obrigado, rei!", declarou Lulu, que antes de deixar o palco disse "eu te amo" para Roberto Carlos.

Tiago Abravanel foi outra participação especial da noite. O ator, que subiu ao palco vestido de Tim Maia, foi anunciado com carinho pelo dono do show. "A música me trouxe grandes amigos e parceiros. Alguns foram tão especiais que viraram peças de teatro, como o meu amigo Tim Maia. Foi em uma delas que conheci o grande Tiago Abravanel", disse o cantor.

Depois de cantar, Tiago confessou que sentiu um frio na barriga ao lado de Roberto Carlos. "Ai, meu Deus! Que nervoso! Seu Roberto, o senhor não tem noção. Minha boca está seca", disse Tiago, que ainda cantou "Negro Gato".

Ainda no palco, os DJs Memê, Felipe Venâncio, Dexterz e Maumau executaram, junto à Orquestra RC, o medley do repertório do CD "Reimix", com canções como "Fera Ferida", "O Portão", "É Proibido Fumar" e "É Preciso Saber Viver".

Roberto ainda cantou com o "tremendão" Erasmo Carlos. E anunciou com carinho a participação do parceiro de anos. "Para continuar nesse clima de celebração, não poderia faltar o meu grande parceiro, o meu grande amigo, meu irmãozinho: Erasmo Carlos", convidou.

Entre uma música e outra, o cantor foi surpreendido pela presença de Fátima Bernardes no palco. Representando a TV Globo, a jornalista apresentou um clipe com imagens de diversos momentos de Roberto Carlos na emissora. "Roberto, eu gostaria que você recebesse esse troféu como símbolo do amor de todos nós, brasileiros, por você", disse a apresentadora. Ele agradeceu e afirmou ser um privilegiado.

Ao cantar "Champagne", Roberto pegou uma taça com a bebida e brindou com os artistas sentados na primeira fila, entre eles Paolla Oliveira, Carol Castro, Susana Vieira e José de Abreu. Ele terminou a apresentação cantando a música "Jesus Cristo" e jogando rosas brancas e vermelhas para a plateia. "Que a Copa do Mundo aqui no Brasil seja de muitas vitórias. Feliz Natal e feliz ano novo! Que Deus nós abençoe", disse o cantor antes de deixar o palco.

Entre as pausas da gravação, o humorista Marcelo Adnet arrancou gargalhadas da plateia com seus improvisos, que foram desde a imitação do Félix de "Amor à Vida" até o cantor Cazuza. Com roteiro de Marcelo Saback e direção de Jayme Monjardim e João Daniel Tikhomiroff, o especial "40 anos - Juntos" será exibido no dia 25 de dezembro, depois de "Amor à Vida".

Últimas notícias Ver mais notícias