Momento fofura: crianças leem para gatos abandonados

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Berks County Animal Rescue League

    O menino Colby Procyk lê suas histórias favoritas para um dos gatos do abrigo do condado de Berks, na Pensilvânia, como parte do programa Book Buddies que incentiva a leitura e a adoção a animais

    O menino Colby Procyk lê suas histórias favoritas para um dos gatos do abrigo do condado de Berks, na Pensilvânia, como parte do programa Book Buddies que incentiva a leitura e a adoção a animais

Gatos abandonados nem sempre têm um destino cruel, como mostra o programa do condado de Berk, na Pensilvânia, Estados Unidos. Enquanto esperam por um ser humano disposto a adotá-los, os bichanos ganham a companhia de crianças entre 6 e 13 anos, que chegam com seus livros de histórias. Em algumas horas, os meninos e meninas americanos vão ler seus livros favoritos e ainda brincar com os gatos.

O programa chama-se Book Buddies e foi criado para incentivar crianças a melhorarem sua leitura em voz alta, perdendo o medo de se expressar, enquanto fazem companhia aos animais. Os gatos, dizem os especialistas do abrigo, acham o ritmo da voz humana muito confortante. E as crianças se sentem menos inibidas diante da plateia peluda.

Crianças leem para gatos abandonados
Veja Álbum de fotos

Para os pais, a ideia é "excelente" porque incentive o convívio, compreensão e responsabilidade nas crianças. Para aqueles que são muito tímidos ou têm dificuldade de se expressar em público, o exercício é muito importante. "Eu acredito que a experiência ajudou não apenas meu filho a ler melhor, mas ajuda os animais que não contam com um lar. Eu acho que nós temos de usar nossa voz para falar em nome das criaturas que não podem fazer isso", escreveu uma mãe no site da organização.

Há casos, também, em que os pais aproveitam a oportunidade para fazer com que os filhos percam o medo de bichos. "Foi uma ótima experiência, obrigado pelo que vocês fazem pelos animais", disse outra mãe.

Além de se divertir, as crianças ganham incentivos em pontos que dão direito a prêmios. A maioria, porém, quer mesmo participar para ficar perto dos gatos.

Site mostra amizade entre crianças e cachorros
Veja Álbum de fotos
Últimas notícias Ver mais notícias