"Quarentões", integrantes do Polegar cantam juntos na TV e anunciam retorno

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Instagram

    "Quarentões", integrantes do Polegar cantam juntos na TV e anunciam retorno

    "Quarentões", integrantes do Polegar cantam juntos na TV e anunciam retorno

Sucesso entre os anos 80 e 90, os cinco ex-integrantes do grupo Polegar voltaram a cantar juntos na tarde deste domingo, no "Domingo Show", na Record. Participaram da homenagem Marcelo Polegar, Alan Frank Schlang, Rafael Ilha, Ricardo Costa e Alex Gill. Os cinco compõem a formação clássica da boy band, estabelecida em 1990, com a entrada do guitarrista Marcelo.

Rafael Ilha, o primeiro a deixar a banda, se disse emocionado pelo reencontro. "Estou muito emocionado. Emocionado de ver as nossas fãs aqui", afirmou Ilha, com olhos lacrimejando. "Bate [saudade] porque a minha juventude foi galgada nisso, todos tocando. Era uma família muito unida", acrescentou Marcelo.

Os músicos também anunciaram o retorno para a gravação de um DVD ao vivo, em comemoração aos 25 anos da banda. "Deve acontecer  no início do ano que vem", disse Ilha.

Sucesso entre as adolescentes, com suas frequentes aparições televisivas, o grupo existiu entre 1989 e 1997. Em 2004, na auge da onda revival dos anos 1980, o grupo retomou brevemente as atividades, com três integrantes da formação original.

Atualmente, Alex Gill segue como produtor musical, Marcelo é advogado conceituado no mercado e Alan é oftalmologista. Já Rafael Ilha seguiu a carreira como repórter de TV e Ricardo Costa, a de cozinheiro em Taubaté, no interior paulista.

Polêmicas envolvendo ex-integrantes

Em setembro, o baterista Ricardo Costa, hoje cozinheiro, chegou a afinetar os ex-colegas por não ter sido convidado para a reunião. Pouco depois, o músico, que passar por uma crise financeira, foi convencido por Rafael a fazer parte do projeto.

Em julho, Rafael, que já se envolveu diversas vezes com a Justiça, foi preso com a mulher em Foz do Iguaçu (PR), na fronteira com o Paraguai, ao tentar entrar no Brasil com uma arma calibre 12, 50 munições do mesmo calibre e um aparelho de choque.

Últimas notícias Ver mais notícias