Kajuru ameaça "contar tudo" se for preso após processo movido por Gimenez

Do UOL, em São Paulo

  • Montagem/UOL, Reprodução/Youtube e Paduardo/AgNews

    Jorge Kajuru e Luciana Gimenez brigam na Justiça em processo movido por ela

    Jorge Kajuru e Luciana Gimenez brigam na Justiça em processo movido por ela

Jorge Kajuru se pronunciou na noite desta quinta-feira (27), por meio de sua conta no Twitter, a respeito da ação que a apresentadora Luciana Gimenez está movendo contra ele na Justiça, acusando-o de difamação e injúria. O radialista e jornalista esportivo publicou os comentários logo após divulgar uma reportagem sobre o processo da apresentadora, veiculada pelo UOL.

"Se quer me irritar cobrando R$ 100 mil e me prender, aí eu publico tudo o que sei. Os bafões de estarrecer! Imagine se eu contar o barraco do camarim sendo quebrado pelo... E lá dentro os gêmeos. E os tapas na cara...", disse o jornalista em textos cheios de incógnitas. "Só falta essa! Jornalista preso por dizer que Luciana Gimenez  não é inteligente. Sarney e tropa livres", completou.

O valor de R$ 100 mil que Kajuru cita é referente à indenização decorrente de outro processo, que Luciana moveu contra ele em 2005, e venceu na Justiça cível. Na época, o jornalista esportivo havia criticado a apresentadora com uma frase polêmica: "Xuxa é menos burra que Luciana Gimenez". O advogado de Luciana, Sylvio Guerra, diz que Kajuru ainda não pagou o valor devido.

O jornalista ainda declarou, em sua rede social, que 'infelizmente' não tem dinheiro como o cantor Mick Jagger -- com quem ela teve um filho, Lucas Jagger -- nem mesmo como o atual marido da apresentadora, Marcelo Carvalho.

"Ela quer R$ 100 mil. Tal valor só pago à Angelina Jolie. Pra ela [Luciana], nem 100 reais. Prefiro a Major Sertório", finalizou Kajuru, citando o nome de uma rua do centro de São Paulo.

Luciana leu os comentários do jornalista na rede social, mas preferiu não falar com a imprensa diretamente sobre o assunto. Por meio de sua assessoria de imprensa, ela emitiu o seguinte comunicado: "Qualquer pessoa que ferir minha honra e minha moral, dentro do âmbito pessoal ou profissional, irá pagar por isso judicialmente".

Processo atual

Na ação que corre na 5ª Vara Criminal do Rio, a apresentadora da RedeTV! reclama de um xingamento que sofreu no Twitter em 2013, quando foi chamada de "vagaba profissional", segundo seu advogado, Sylvio Guerra.

No despacho sobre difamação e injúria, a juíza Paula Fernandes Machado de Freitas determina que o réu seja avisado da audiência por meio do Diário Oficial. A pena prevista para o crime de difamação (artigo 139 do Código Penal) é detenção de três meses a um ano, além de multa. Já o crime de injúria (artigo 140) prevê de um a seis meses de detenção, além de multa, em caso de condenação.

Últimas notícias Ver mais notícias