Roberta Close diz que ator se negou a beijá-la na TV: "Ia denegrir imagem"

Do UOL, em São Paulo

A ex-modelo Roberta Close contou, em entrevista ao apresentador Gugu Liberato,  que o ator Bemvindo Sequeira se recusou a beijá-la quando ela fez uma participação na novela "Mandacaru", da extinta TV Manchete, exibida entre os anos de 1997 e 1998. A explicação é de que iria "denegrir" sua imagem de galã.

"Na época, os atores queriam ser os bonitões, mas sem exercer a função na história. Ele disse [sobre o beijo]: eu sou contra, pois vai depor contra a minha conduta de galã", afirmou Roberta, em conversa gravada na Suíça, onde ela mora, que foi ao ar nesta quarta-feira (20) na TV Record.

Um dos protagonistas da história de "Mandacaru", Bemvindo interpretava o personagem Zebedeu, chefe de um bando de cangaceiros. "Não me magoou, mas vi bem onde estava, me dei conta do tipo de gente que tinha perto", comentou Roberta, ressaltando que o beijo acabou saindo.

Já o ator contou outra história. Procurado pela equipe de reportagem do programa, Bemvindo deu a sua versão do episódio:  "Não teve o beijo e nenhum cena escrita, pois não creio que isso fosse possível de ser realizado há 17 anos. Não sei como resolveria a questão, mas, como profissional, provavelmente faria o beijo. Também poderia recusar".

Outras polêmicas
Quando o cantor Erasmo Carlos escreveu "Dá um close nela", começaram os boatos de que a música teria sido inspirada em Roberta e que os dois teriam um caso. A ex-modelo, inclusive, chegou a participar do videoclipe. Oficialmente, o músico negou a relação, dizendo que seria uma música composta para o grupo Roupa Nova.

A ex-modelo explicou que a canção original realmente não foi inspirada em sua pessoa. "Mas ele me viu em um baile de carnaval e teve o convite para fazer o vídeo da música", ressaltou.

Envolvida em boatos de que seria o motivo do suposto suicídio da esposa de Erasmo na época, pois muitas pessoas acreditavam que ambos eram amantes, destacou que nunca o tinha visto mais do que duas vezes na vida: "As pessoas acham que tem o direito de julgar, mas nem tudo o que sai na mídia é verdade. Fora isso, a gravação do clipe foi ótima, só trouxe coisas positivas".

Reprodução
Roberta Close foi criticada por conta do rosto supostamente modificado

Ícone da beleza nos anos 1980, Roberta Close surpreendeu ao aparecer com o rosto diferente em fevereiro deste ano. Muito criticada na época, ela comentou a repercussão das fotos. "Falaram que eu estava deformada, que eu era um monstro... Eu não me sinto assim".

Hemafrodita
Roberta ainda revelou ao programa que, na verdade, não é transexual, mas hermafrodita. "Através de um exame dos genes, que é o que eu fiz, o famoso DNA, você consegue ver como funciona", explicou ela. Na realidade, trata-se de um termo que veio da mitologia grega, com pessoas que nascem com uma ambiguidade entre o sexo masculino e feminino. 
 
A ex-modelo ainda contou que sofreu na infância por não ser aceita como mulher. "Através de um exame dos genes, que é o que eu fiz, que é um exame de DNA, você consegue ver como funciona".
Últimas notícias Ver mais notícias