Repórter tenta entrevistar homem morto após perseguição policial em SE

Do UOL, em São Paulo

Um repórter da TV Atalaia, afiliada da Record no Sergipe, tentou entrevistar um homem morto, logo após a perseguição policial ocorrida na periferia de Aracaju. A reportagem foi exibida na edição desta quarta-feira (27) do programa policial local "Tolerância Zero".

A equipe estava na região quando flagrou a movimentação. Ao chegar no local, se depararam com três suspeitos no chão, que, segundo a polícia, haviam praticado assalto a uma mercearia e tinham fugido na contramão. Houve troca de tiros entre suspeitos e policiais. Um deles morreu no local.

"Você é maior ou menor?", perguntou o repórter a dois deles. "E você, tem quantos anos?", questionou ao terceiro suspeito, que estava morto. Após segundos de silêncio, e sem resposta, o jornalista se deu conta da situação. "Esse daqui está ferido. Por incrível que pareça, eu ia entrevistar um cara que já está morto", completou, sem graça.

 

Últimas notícias Ver mais notícias