Diretor defende Johnny Depp e diz que "Animais Fantásticos 2" será em Paris

Natalia Engler*
Do UOL, em Nova York (EUA)

Ainda faltam nove dias para a estreia de "Animais Fantásticos e Onde Habitam", novo capítulo do universo de Harry Potter, mas a equipe do filme já está trabalhando na sequência, previsto para estrear em novembro de 2018.

Durante conversa com jornalistas sobre o filme nesta segunda-feira (7), o diretor David Yates confirmou que haverá uma mudança de cenário para o próximo longa.

"O próximo filme começa em Nova York e vai para Paris e Londres. Estamos construindo Paris em Hertfordshire (nos subúrbios ao norte de Londres, onde fica o estúdio de Leavesden), mas provavelmente filmaremos um pouco na França também", disse o diretor, que continua no comando da sequência, mas ainda não se decidiu sobre os outros três filmes previstos.

O primeiro "Animais Fantásticos" se passa em Nova York, em 1926, quando o especialista inglês em criaturas mágicas Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade com uma maleta cheia de bichos fantásticos, que acabam escapando e causando o caos. No universo de "Harry Potter", que se passa nos anos 1990, Newt já era citado como autor do livro didático que dá nome ao novo filme, usado na escola de magia de Hogwarts.

Yates, que já havia dirigido os quatro últimos filmes da franquia "Harry Potter", também contou que pretende contratar atores franceses para o próximo longa. "Já estou de olho em alguns, que acho que vão ser fantásticos. Mal posso esperar. Mas ainda não entrei em contato com eles".

O roteiro será novamente da escritora J.K. Rowling, que estreou como roteirista em "Animais Fantásticos". Além de Yates, o elenco principal também estará de volta, já que Eddie Redmayne (Newt), Katherine Waterston (Tina Goldstein), Dan Fogler (Jacob Kowalski) e Alison Sudol (Queenie Goldstein) assinaram contratos para três filmes, com possibilidade de um quarto.

O elenco, aliás, foi surpreendido pela notícia de que a série terá cinco filmes, quando Rowling apareceu em um evento com fãs em outubro e fez o anúncio. "Na verdade, nós só descobrimos que seriam cinco filmes quando vocês descobriram!", contou Redmayne. "Já sentíamos que tínhamos ganhado na loteria e, depois disso, foi como se nos dissessem: 'Aí vem o bônus da loteria!'", completou Fogler.

Johnny Depp

De forma indireta, o diretor David Yates também comentou a polêmica envolvendo a escolha de Johnny Depp para um papel no próximo filme, com uma pequena participação já no primeiro. Muitos fãs consideraram Depp uma má escolha para a franquia por conta das denúncias de que teria agredido sua ex-mulher Amber Heard, e expressaram seu descontentamento nas redes sociais.

"Johnny Depp é um ator incrível, não devemos esquecer o grande ator que ele é e quanto ele é inventivo e corajoso como ator", disse Yates, ao justificar a escalação de Depp.

"Quando escolhemos o elenco para esse filme, apenas nos preocupamos em ter as melhores pessoas para cada papel, não importava se eram famosas ou não, se estavam em baixa ou em alta. Eu não me importei com em que ponto eles estavam em suas carreiras, e todos sabem que nessa carreira as coisas são muito instáveis. Apenas nos perguntamos qual era a opção mais talentosa, inovadora e surpreendente para o papel, em termos de maestria e talento como ator. E a resposta foi: Johnny Depp", explicou o diretor, sem citar diretamente a polêmica.

ATENÇÃO, SPOILERS! SE VOCÊ NÃO QUER SABER DETALHES SOBRE A TRAMA, NÃO CONTINUE A LEITURA

Ao site Screen Rant, Yates também já havia confirmado que um personagem muito amado dos fãs de Harry Potter estará de volta em "Animais Fantásticos 2": Dumbledore, o excêntrico diretor de Hogwarts, na época ainda apenas professor da escola. "No segundo filme, Dumbledore está de volta. Ele tem algumas boas cenas com Newt. Estamos discutindo quem vai interpretá-lo", disse o diretor à publicação.

A volta de Dumbledore faz todo sentido considerando o papel que Depp vai interpretar: Gerardo Grindelwald, um grande bruxo do mal, citado nos livros de Harry Potter como uma espécie de antecessor de Voldemort, que foi amigo de Dumbledore na juventude e depois foi derrotado por ele em um duelo lendário. Fora dos livros, ao revelar que Dumblendore era gay, a escritora J.K. Rowling também afirmou que ele fora apaixonado por Grindelwald, mas sofreu uma grande decepção.

"Animais Fantásticos e onde Habitam" estreia no Brasil em 17 de novembro.

* A jornalista viajou a convite da Warner Bros.

Últimas notícias Ver mais notícias