Natalie Portman ganhou um terço do cachê de Ashton Kutcher em filme juntos

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Natalie Portman e Ashton Kutcher em cena da comédia "Sexo Sem Compromisso"

    Natalie Portman e Ashton Kutcher em cena da comédia "Sexo Sem Compromisso"

Natalie Portman e Ashton Kutcher podem até ter feito o mesmo trabalho na comédia romântica "Sexo Sem Compromisso", mas o cachê dos dois foi bem diferente. Em entrevista de capa para a última edição da revista Marie Claire britânica, a atriz israelense revelou que seu pagamento foi o equivalente a um terço do recebido pelo amigo para estrelar o filme de 2011.

"Eu sabia e eu aceitei porque em Hollywood existe essa coisa de classificarem os atores como rentáveis. Na época ele era três vezes mais rentável do que eu, então esta foi a justificativa para que ele levasse um cachê três vezes maior", contou Portman à revista, destacando que atualmente ela se empenharia mais para evitar uma situação parecida.

Nos Estados Unidos, "Sexo Sem Compromisso" foi lançado em janeiro de 2011, apenas um mês antes de Portman levar o primeiro Oscar de sua carreira pela atuação em "Cisne Negro". No Brasil, o filme estreou em março do mesmo ano, já com o peso de uma atriz protagonista e vencedora do principal prêmio do cinema. Ashton Kutcher nunca foi indicado ao Oscar.

"Na época, eu não fiquei tão irritada quanto eu deveria. Sabe como é, nós ganhamos muito dinheiro, então é complicado reclamar, mas a disparidade é uma loucura", comentou Portman sobre a diferente de cachês entre atrizes e atores.

E por que a atriz só tornou essa informação pública agora? "Temos um sério problema de mulheres que não tem oportunidades. Eu quero ser parte da solução, e não do problema", justificou.

Em cartaz nos cinemas norte-americanos com "Jackie", em que interpreta a ex-primeira dama norte-americana Jackie Kennedy (o filme estreia no Brasil em 2 de fevereiro), Natalie Portman é novamente forte concorrente ao Oscar de melhor atriz.  Indicada ao Globo de Ouro 2017 pelo mesmo papel, ela perdeu a estatueta para Isabelle Huppert, do francês "Elle".


Últimas notícias Ver mais notícias