Miss Bumbum Erika Canela decide apagar tatuagem de Trump: "Decepcionada com ele"

Felipe Pinheiro
Do UOL, em São Paulo

  • J. Domingos/Divulgação

    Miss Bumbum Erika Canela com a tatuagem do rosto de Donald Trump nas costas

    Miss Bumbum Erika Canela com a tatuagem do rosto de Donald Trump nas costas

Erika Canela se arrependeu de tatuar o rosto do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nas costas. A vencedora do Miss Bumbum 2016 falou ao UOL que a admiração se transformou em decepção e que já iniciou o processo de remoção da tatuagem.

"Eu me decepcionei com os últimos acontecimentos. Ele vetou [cidadãos] de outros países de entrar nos Estados Unidos e acho que ninguém tem o direito de tirar o ir e vir de alguém. Fiquei triste com isso. Não gostei. Mesmo sabendo que não atinge o Brasil, afeta outras pessoas", afirmou ela.

Trump virou alvo de protestos após assinar um decreto que proíbe a entrada de visitantes e turistas de sete países nos EUA: Sudão, Irã, Líbia, Somália, Iraque, Iêmen e Síria.

 

Para Erika Canela, o presidente norte-americano está cometendo um grave erro que fere a dignidade humana. Mesmo assim, ela não acha que agiu de forma precipitada ao fazer a tatuagem um mês atrás.

"Não diria precipitada, acho que agi muito com o coração e por querer achar que uma pessoa pode mudar o mundo. Pensei de uma forma diferente e da qual hoje eu me arrependo. Ele está agindo só com a razão dele, e não como um ser humano", afirmou. "Eu era fã antes dele entrar na política, quando apresentava o 'Aprendiz'. Tinha admiração por ele", lamentou.

Erika passou na quarta-feira (15) pela primeira sessão para remover a tatuagem. Ela ainda tem mais duas sessões pela frente, mas ainda assim acredita que será difícil apagá-la por completo.

"Pensei numa flor [para tatuar por cima], mas ainda não sei. Não posso me arrepender de novo de outra tatuagem, né? Nem o nome do meu ex eu não me arrependo de ter tatuado. Tanto que está aqui até hoje", declarou. 

Últimas notícias Ver mais notícias