Nos 50 anos da Tropicália, Zélia Duncan estrela o musical "Alegria Alegria"

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Zélia Duncan na peça "Alegrai Alegria"

    Zélia Duncan na peça "Alegrai Alegria"

Protagonizado pela cantora Zélia Duncan, a peça "Alegria Alegria" vai homenagear as cinco décadas da Tropicália e terá as músicas de Caetano Veloso como coração do enredo. 

Moacyr Góes, responsável pela direção e roteiro, faz sua estreia em uma produção musical. Além de Zélia, mais 13 atores subirão ao palco para lembrar de clássicos de Gilberto Gil, Roberto Carlos, Luiz Gonzaga e Vicente Celestino, entre outros.

"A Tropicália não foi uma obra do Caetano, foi uma obra de muitas pessoas, muitos artistas, no entanto eu acredito que o Caetano é a expressão mais radical, mais imperativa do tropicalismo. Eu vi que deveria ir para a obra do Caetano, que tem uma função, uma posição dentro da cultura contemporânea brasileira absolutamente fundamental", disse Góes.

Zélia teve experiência recente como atriz na peça "Totatiando", mas fará seu debute em um musical. "Para mim ['Alegria Alegria'] será um desafio enorme. Quando li o roteiro do Moacyr, fiquei muito comovida com tudo que vamos falar, da maneira como vamos falar, de ver que não é um musical com todas as fórmulas que todos já conhecem", analisou a cantora.

"Alegria Alegria" tem estreia programa para o dia 11 de maio, no Teatro Santander, em São Paulo, e cumprirá temporada de dois meses, até 9 de julho.

Últimas notícias Ver mais notícias