Com discurso poderoso em igreja, garota de 12 anos se assume gay

Do UOL

  • Reprodução/Viral Thread

    Savannah tem 12 anos e vive em Utah, nos Estados Unidos

    Savannah tem 12 anos e vive em Utah, nos Estados Unidos

"Deus me ama assim, porque acredito que ele ama todas as suas criações... Acredito que ele me fez dessa maneira de propósito. Nenhuma parte de mim é um erro. Não escolho ser assim, e não é uma moda. Não posso fazer outra pessoa ser gay, e estar ao meu redor não fará mais ninguém ser assim." Foi assim que Savannah, uma garota de 12 anos, começou seu discurso na igreja que frequenta para revelar a todos que é homossexual.

A menina, que vive em Utah, nos Estados Unidos, é adepta da religião mórmon, que, apesar de aceitar e reconhecer homossexuais, vê como pecado os que vivem de acordo com seus sentimentos.

Segundo o site "Viral Thread", em junho de 2016, Savannah percebeu que não se interessava pelos garotos da escola e, sim, pelas garotas. Foi para que outros membros da sua igreja não se sentissem sós que ela decidiu falar.

O discurso poderoso da menina foi interrompido por um membro da comunidade religiosa, que pediu a ela que se sentasse.

Com o apoio da mãe, Heather, Savannah divulgou o discurso que havia preparado na íntegra na plataforma de podcasts (áudios e vídeos) "I Like to Look for Rainbows" (gosto de procurar arco-íris, em tradução livre do inglês) –destinadas a mórmons gays.

Últimas notícias Ver mais notícias