Internado com malária, Tony Salles passa por transfusão de sangue

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Tony Salles, líder do Parangolé

    Tony Salles, líder do Parangolé

O cantor Tony Salles continua internado em Salvador com diagnóstico de malária, mas segue evoluindo com melhora das alterações causadas pela doença. E por ainda estar com anemia, foi indicado uso de transfusão de sangue, observação e reavaliação clínica, segundo indica boletim médico divulgado nesta segunda-feira (17) pelo Hospital Aliança.

Segundo o documento, o líder do Parangolé está comunicativo, mas ainda não pode receber visitas. A mulher de Tony, Scheila Carvalho, visitou o marido na última quinta e tranquilizou os fãs. "Continuem mandando vibrações positivas e orando. Tudo ficará bem em nome de Jesus", pediu a ex-dançarina do É O Tchan. 

O baiano foi internado no dia 10 de julho após fazer um show na África no final de junho. 

A doença

A malária é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Anopheles infectada por protozoários do gênero Plasmodium.

A doença de Tony Salles é do tipo Plasmodium falciparum.

Os sintomas -- febre, calafrios e dores de cabeça e musculares -- são geralmente confundidos com os da gripe, por isso algumas pessoas demoram em buscar atendimento médico.

Últimas notícias Ver mais notícias