Mr. Catra abre o álbum de família e anuncia: vem aí o 28º filho

Natacha Cortêz
Do UOL

Neste dia dos pais, Mr. Catra tem um desafio: reunir todos os filhos para o almoço de domingo. O funkeiro, famoso por sua numerosa prole, é pai de, nada mais, nada menos, que 27 pessoas -- and counting. Para fechar essa conta e botar o time em ordem, o UOL visitou a família em Mogi das Cruzes, agora residência oficial de um dos maiores pais do país. "Quanto mais filho melhor! Coração de pai sempre cabe mais um", diz ele, orgulhoso de cada uma de suas "eternas crianças".

Casa cheia, sempre

Faz pouco mais de um ano que Catra arrastou a família para Mogi das Cruzes, região metropolitana de São Paulo. Ali, em um condomínio fechado de imóveis cercados por muito verde, as crianças só saem de casa para ir à escola, que fica bem perto, quase atravessando a rua.

"Quis criar meus filhos em paz e segurança, e no Rio de Janeiro isso não era mais possível. Aqui os meninos vivem soltos. E se eles estão bem, eu também estou."

Tradição diária na família Catra, o "almoço-janta" começa a ser preparado ao meio dia, mas só acaba mesmo depois da última novela, quando as louças começam a ser enfim lavadas. Silvia, a esposa "oficial e de sempre" de Catra, dita as regras na cozinha, mas também no resto dos cômodos. É sempre dela a última palavra.

No dia em que a família nos recebeu, o cardápio era macarrão com molho de tomate e bife à milanesa. De sobremesa, frutas, que enchiam a mesa. Maçã, banana, mamão e quilos de seriguela. Tudo em abundância pra um grupo que passa o dia inteiro comendo. Na maior família estendida do país, a compra do mês no mercado tem cinco dígitos e, não por acaso, a cozinha é coração da casa. Comida, música, cachorro e a devoção pelo "paizão" é o que une os moradores.

Casamento aberto -- mas só para ele

Não é simples fazer as contas de quantas pessoas vivem no lugar. "Tem gente que é fixo, tem gente que vem e vai. Tem gente que fica três meses e só volta um ano depois", tenta explicar Silvia. Ela fala dos filhos de Catra, "que tem o coração maior do mundo e abriga quem bater à porta". Em uma tentativa de enumerar a prole, chegamos em 27 filhos -- isso fora os agregados.

Thamyris, uma das filhas, confirma o número já prestes crescer. Catra espera seu 28º rebento, mas a mãe não é Silvia e sim uma de suas outras esposas. É que o esquema entre o casal é relacionamento aberto, mas só para o homem, "claro". Enquanto Catra pode ter outras mulheres, Silvia não. E o que ela pensa sobre isso? "Para homem, ficar com várias é normal, para mulher, não. Quando ela ama, não quer saber de outro. Somos diferentes. Vamos aceitar isso!", responde convicta.

Últimas notícias Ver mais notícias