Após criticar produtor, Ben Affleck é acusado de assédio: "Não esqueci"

Do UOL, em São Paulo

  • Richard Shotwell/Invision/AP

    Ben Affleck na Comic-Con 2017

    Ben Affleck na Comic-Con 2017

Ben Affleck foi a público criticar o produtor Harvey Weinstein, acusado de assédio sexual e estupro, mas parece que o jogo virou. No Twitter, um usuário escreveu que o ator deveria "ficar quieto" enquanto outro lembrou que "ele agarrou os seios de Hilarie Buton uma vez. Todos se esqueceram".

A atriz, que sofreu o assédio em 2003 durante um programa da MTV, respondeu a mensagem: "Eu não esqueci". Hilarie ainda agradeceu as pessoas que se lembraram do caso.

A norte-americana tinha 21 anos quando foi assediada por Affleck. O vídeo (veja abaixo) mostra o ator segurando a garota e apalpando seu seio esquerdo durante uma entrevista.

O caso fica ainda pior para Affleck.

A atriz Rose McGowan chamou o ator de mentiroso nas redes sociais após ele negar que tinha conhecimento do que Weinstein fazia com as mulheres e relembrou uma conversa que teve com ele após coletiva de imprensa. "'Caramba! Disse para ele parar de fazer isso', você disse isso na minha cara!", acusou Rose.

Depois de toda a repercussão, Affleck tuítou um pedido de desculpas nesta quarta-feira (11). "Eu agi inapropriadamente com a Srta. Burton e peço sinceras desculpas por isso", escreveu o ator.

Últimas notícias Ver mais notícias