Mãe faz bilhete para escola não prender cabelo da filha: 'é black power'

Da Universa

  • Reprodução/Facebook

    Bilhete

    Bilhete

A cantora Bia Morais publicou em seu perfil pessoal uma história que já bateu os 26 mil compartilhamentos no Facebook. O motivo? Bia notava que a filha Valentina, 4, sempre voltava com o cabelo preso para casa.

Cansada, ela decidiu escrever uma cartinha aos professores da garota, que tem cabelo power.

"O nome disso é preconceito. Não vejo professoras e tias preocupadas em prender cabelos lisos porque eles crescem para baixo, não incomodam o olhar delas", argumentou na publicação

Com a repercussão do caso, Bia escreveu novamente sobre mensagens de apoio mas também de ofensas feitas contra a garota. 

"Fiquei chocada com a quantidade de pessoas maldosas e racistas esbanjando ódio, dizendo que o cabelo da Valentina era horrível, que ela era ridícula e que eu a estava deixando feia. Cara, ela é uma criança de 4 anos, como as pessoas conseguem ser tão ruins?", questionou no Facebook. 

No fim das contas, a coordenadora da escola de Valentina afirmou que o cabelo vai e voltar para casa black power. "Tenho certeza de que nada foi feito por maldade", disse a cantora. 

Últimas notícias Ver mais notícias