"La Casa de Papel" faz hino antifascista virar o hit do funk "Só Quer Vrau"

Tiago Dias
Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    MC MM em "Só Quer Vrau"

    MC MM em "Só Quer Vrau"

O sucesso da série espanhola "La Casa de Papel" pegou os italianos de surpresa. Bastou ser entoada duas vezes pelos personagens para que a canção folclórica italiana "Bella Ciao" voltasse a ser tocada no país. Mas ninguém estava preparado para ouvir o hino de mais de 70 anos repaginado em ritmo de funk.

Como no Brasil a zueira é sem limites, não demorou em "Bela Ciao" virar "Só Quer Vrau" na mão do funkeiro MC MM e do DJ RD, há semanas uma das músicas mais tocadas por aqui.

Impulsionado pela chegada da segunda temporada na Netflix, o clipe lançado pelo Kondzilla há uma semana alcançou mais de 30 milhões de visualizações com a mesma cena da invasão na Casa da Moeda, ação que move a trama.

As máscaras usadas são iguais, mas a diferença está nas armas (todas coloridas e de brinquedo) e no propósito. Mais do que quebrar a economia, a trupe brasileira quer mesmo é ver todos quebrando até o chão – o que tem acontecido até mesmo nas casas noturnas na Itália, onde "Só Quer Vrau" tem tocado.

"Tenho recebidos vídeos da música tocando nas boates e até o áudio de um locutor italiano anunciando", conta RD, como o produtor Rodolfo Macial é conhecido no funk. "Não entendi nada que ele falava, mas tenho amigos italianos que disseram que a música ficou boa por não perder a essência festiva".

"Só quer Vrau" foi inspirada na versão de "Bella Ciao" lançada em 1970 pelo cantor francês Thomas Fersen (ouça abaixo e compare). A pegada mais animada foi perfeita para RD acelerar ainda mais o batidão para 150 B.P.M. (Batidas Por Minuto). Velocidade incorporada já na cena do funk carioca.

A edição italiana da "Rolling Stone" foi fisgada pelo batidão frenético, mas avisou os leitores: "Obviamente, o significado [da música] mudou bastante".

Só quer maratona

Sim, assim como você, seus amigos (e até o presidente Michel Temer), RD e MM também se viciaram na série espanhola. "Tava produzindo outra parada. Parei tudo para assistir", conta o produtor.

A zueira veio instintivamente. "Eu e minha esposa temos a mania de ficar trocando as letras das coisas. Quando ouvimos 'Bella Ciao' cantarolamos: 'Só quer pau, pau, pau, pau'".

A versão lançada passou longe da criatividade do casal. "Decidimos fazer a versão light, para evitar problemas com o lance do feminismo. Uma paradinha mais suave para todo mundo curtir, passar a peneira, do mais velho ao mais novo", explica.

Quando RD chegou com a ideia, Márcio Rezende de Lellis, o MC MM, claro, já sabia do que se tratava. "Eu não assisto televisão, mas era tanta gente falando que eu já tinha feito uma maratona", conta.

Em uma hora, a música foi escrita, gravada e divulgada na internet. Nascia assim mais um hit nos anais do gênero. "O funk tem que estar sempre ligado no linguajar dos jovens, nas gírias, no que as pessoas gostam", explica MM.

O cantor do Jaçanã, Zona Norte de São Paulo, sabe o que está falando. Cantando funk desde os 13 anos, é dele os sucessos "Mandelinha" e "Social, Narga e Piscina". "Eu não curto muito narguilé", exemplifica, "Mas todo mundo gosta de pegar piscina e usar. Eu tinha que fazer".

Nada, porém, o tinha preparado para o sucesso de "Vrau". Depois da música cruzar o Atlântico, MM emplacou sua primeira viagem internacional. Em agosto, o funkeiro parte para alguns shows na Europa.

Divulgação
Cena da série "La Casa de Papel", exibida pela Netflix
Sarrada antifascista

"Bella Ciao" foi uma canção popular entre trabalhadores italianos nos anos 1940. De autoria desconhecida, se tornou hino de resistência contra o nazismo e o fascismo de Hitler e Mussolini e, ainda hoje, é lembrada em manifestações antifascistas em toda a Europa.

"A história revolucionária da música significa muita coisa", explica MM. "Fui atrás do significado porque a gente precisa ter responsabilidade. Embora, antes de tudo, eu preciso levar entretenimento."

A opção por entreter foi fugir totalmente de qualquer relação com política. "Hoje se eu fizesse uma música como essa vrau, se ela tivesse na letra algo relacionado com a letra original, na situação que está nosso país hoje, não ia dar muito certo", diz.

Divulgação
MC MM e DJ RD no clipe de "Só Quer Vrau"

Últimas notícias Ver mais notícias