Acusada de transfobia, Solange Gomes nega preconceito e pede desculpas

Do UOL, em São Paulo

  • Wallace Barbosa/AgNews

    Solange Gomes acompanha os desfiles em camarote na Sapucaí

    Solange Gomes acompanha os desfiles em camarote na Sapucaí

Em seu perfil no Instagram, Solange Gomes escreveu um longo texto nesta quarta-feira (13) garantindo não ser transfóbica e pedindo desculpas para a comunidade LGBT. A modelo, que ficou famosa no quadro "Banheira do Gugu", nos anos noventa, foi alvo de críticas após participar do programa "Sensacional" e dispensar um pretendente após descobrir que o homem era trans. "Pode ser um bofe lindo, mas não tem o principal, né?", disse Solange.

Na noite desta quarta-feira (13), Solange resolveu pedir desculpas e garantiu que tudo não passou de uma brincadeira. "Participei do programa @sensacionalredetv no quadro 'Um namorado pra minha mãe' e tiveram vários candidatos ,dentre eles, para minha surpresa um jovem rapaz com nome de Vitória, fiz uma brincadeira dizendo que ele não tinha o principal, que como mulher que sou, gosto de homem com órgão genital masculino, algum problema nisso? Não né? Ok. Eu jamais tive intenção de magoar e diminuir a Vitória, apenas brinquei com a situação, não humilho ninguém nessa vida minha gente", escreveu ela, que admitiu ter sido infeliz em seu comentário.

"Não vivo na pele os preconceitos do mundo LGBT, talvez por isso tenha falado aquilo, fui inocente no comentário, peço humildemente desculpas a quem se ofendeu", continuou Solange.

Vamos lá ! Participei do programa @sensacionalredetv no quadro " Um namorado pra minha mãe" e tiveram vários candidatos ,dentre eles ,para minha surpresa um jovem rapaz com nome de Vitória , fiz uma brincadeira dizendo que ele não tinha o principal , que como mulher que sou ,gosto de homem com órgão genital masculino , algum problema nisso? Não né? Ok. Eu jamais tive intenção de magoar e diminuir a Vitória , apenas brinquei com a situação , não humilho ninguém nessa vida minha gente, sabe porque? Já me humilharam muito e me ofenderam publicamente quando em 1999 engravidei e escolhi ter minha filha, fui acusada de golpista e outras inúmeras "qualidades" , infelizmente não foi criada uma comunidade para defender as mães solteiras humilhadas,portanto tenho respeito pelo ser humano, seja ele quem for. Não vivo na pele os preconceitos do mundo LGBT , talvez por isso tenha falado aquilo , fui inocente no comentário , peço humildemente desculpas a quem se ofendeu , a maioria dos meus amigos são gays , minha amiga que estava comigo no palco e foi indicada por mim para fazer a participação também é uma mulher transsexual @cristianeekberg , portanto preconceito aqui não existe , e criei minha filha dessa forma tb. Só que para ser meu companheiro prefiro um homem . Todo meu carinho , respeito e desculpas mais uma vez a comunidade LGBT ??

Uma publicação compartilhada por Solange Gomes (@gomessolange)

em

Últimas notícias Ver mais notícias