Henry Cavill diz ter receio de ser chamado de "estuprador" ao flertar com mulheres

Beatriz Amendola
Do UOL, em São Paulo

  • Chris Pizzello/Invision/AP

    Henry Cavill falou sobre onda de denúncias

    Henry Cavill falou sobre onda de denúncias

Henry Cavill, o Superman do universo cinematográfico da DC, falou sobre a onda de denúncias de abuso e assédio sexual que tomou de assalto a indústria cinematográfica desde o final do ano passado. Em uma entrevista para a revista "GQ" que tem causado controvérsia, o ator disse que ficou mais difícil flertar e que gosta de "conquistar" uma mulher.

"As coisas têm de mudar, absolutamente. É importante também manter as coisas boas, do passado, e se livrar das coisas ruins", disse Cavill. "Há algo maravilhoso em um homem conquistar uma mulher. Há um aspecto tradicional nisso que é agradável. Acho que uma mulher deve ser impressionada e conquistada, mas talvez eu seja antiquado por pensar isso".

"É muito difícil fazer isso [conquistar] se há certas regras em vigor", prosseguiu o ator. "Porque é assim: 'eu não quero ir lá falar com ela, porque eu vou ser chamado de estuprador ou algo assim'. Então você pensa 'Esquece, vou ligar para uma ex-namorada e voltar para um relacionamento que nunca funcionou'. Mas é mais seguro do que me lançar ao fogo do inferno, porque eu sou uma pessoa pública, e se eu flerto com alguém, então quem sabe o que vai acontecer?".

"Agora você não pode ir atrás de alguém além do 'não'. É tipo 'beleza, ok'. Mas então tem o 'por que você desistiu?' E você pensa 'bem, porque eu não queria ir para a cadeia'".

Últimas notícias Ver mais notícias