Quem é o brasileiro que está dando nova vida e mais mitologia ao Aquaman nas HQs

Rodolfo Vicentini
Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/DC Comics/Entertainment Weekly

    Aquaman ilustrado pelo brasileiro Robson Rocha

    Aquaman ilustrado pelo brasileiro Robson Rocha

O quadrinista Robson Rocha é o responsável pela nova série nos quadrinhos do Aquaman. O brasileiro vai dividir o cargo com Kelly Sue DeConnick, a primeira mulher a escrever uma HQ do herói.

"Não vou poder falar muito para não dar spoilers, mas vai ser uma história bem grandiosa sobre velhos deuses, mitologia e o poder do oceano, e como isso se relaciona com o Aquaman", antecipa o artista ao UOL.

A história vai seguir a linha mais medieval, acrescenta Robson, ideia compartilhada com Kelly, que revelou ter se inspirado na banda Led Zeppelin para bolar o enredo por ser "grande, místico, o vento batendo no rosto, um baixo pesado e um vocal agudo".

"Cara, ela é simplesmente sensacional. Sem sombras de dúvidas, é a melhor relação entre roteirista/desenhista que já tive. As coisas que ela escreve, a maneira da escrita e a liberdade que ela dá são simplesmente demais", elogia o colega de trabalho.

"Lembro que ela me mandou um e-mail para saber das coisas que eu gostava de desenhar, e vejo, a cada roteiro que recebo, que ela adiciona todos esses elementos. Estou muito empolgado com esse projeto".

O filme do Aquaman, protagonizado por Jason Momoa, chega aos cinemas no dia 13 de dezembro e a expectativa é grande, especialmente por ser a melhor fase de um herói que foi por muito tempo taxado como inferior aos outros personagens da DC.

"Isso cria mais pressão, com certeza", admite Robson sobre o novo trabalho. "É muita atenção voltada para esse projeto, mas que vejo com bons olhos, faz a equipe se empenhar e dar o melhor de si. Nos faz crescer mais como profissionais".

Aquaman não é estranho para os brasileiros (os quadrinistas Joe Prado e Ivan Reis ajudaram a construir a imagem poderosa do herói que veremos nos cinemas), mas o trabalho de Robson trará uma versão diferente.

Reprodução
Lanterna Verde ilustrado pelo brasileiro Robson Rocha para a DC Comics

"É o fato de ser um ambiente mais orgânico, e mais mítico. Com o Lanterna Verde e a Supergirl tudo era mais tecnológico, sabe? Naves espaciais, prédios ultra tecnológicos, cotidiano urbano. No Aquaman, apesar da enorme pressão, sinto mais liberdade em desenhar sem ter que seguir um gabarito".

Nome forte na DC, Robson relembra que seu primeiro contato marcante com os quadrinhos foi graças à concorrente Marvel. "Não me lembro de um herói favorito quando criança, mas na adolescência eram os X-Men. Lembro de meu irmão mais velho chegar em casa certo dia com um monte de quadrinhos dos X-Men até a saga 'Inferno'. Fui fisgado imediatamente."

Experiente nos super-heróis, o brasileiro conta que ainda há vários personagens que gostaria de desenhar oficialmente, inclusive um da Marvel que tem um quê do novo Aquaman. "[Gostaria de desenhar] Mulher Maravilha, Etrigan, Batman... Na Marvel? Thor! Com certeza".

A HQ "Aquaman #43" chega nos Estados Unidos no dia 9 de dezembro.

Últimas notícias Ver mais notícias