Rodrigo, o brasileiro da Espanha

LONDRES, 30 Jul 2012 (AFP) -A Espanha disputaria os Jogos de Londres-2012 com uma seleção de futebol que incluía dois jogadores de origem brasileira, Rodrigo Machado e Thiago Alcântara, mas o segundo, filho do ex-jogador Mazinho, ficou de fora por lesão.

O sonho de ambos era jogar a final dos Jogos Olímpicos de Londres-2012 contra o Brasil, mas Thiago ficou de fora do torneio por lesão, enquanto Rodrigo, após a eliminação da seleção olímpica na primeira fase, tampouco poderá jogar contra a equipe treinada por Mano Menezes.

"Nunca considerei jogar pelo Brasil. Na Espanha me valorizam, é um país que gosto muito e no qual vivo desde os 10 anos, desde que sou gente, por assim dizer. É um orgulho representar a Espanha", disse Rodrigo à imprensa quando começou a ser convocado pela equipe espanhola.

Iomar do Nascimento, Mazinho, campeão do mundo com o Brasil na Copa dos Estados Unidos-1994, decidiu permanecer na Espanha, depois de ter jogado em Valência e Vigo, onde optou por criar uma escola de futebol junto com Adalberto Machado, pai de Rodrigo.

Adalberto havia jogado no Flamengo de Zico e Bebeto e decidiu viajar à Espanha para o projeto oferecido por Mazinho, quando Rodrigo ainda era criança.

Agora, Rodrigo é um atacante profissional, que passou pelo Real Madrid e que defende atualmente as cores do Benfica português. Apesar de seu sangue brasileiro, Rodrigo e Thiago, cortado dos Jogos Olímpicos no último minuto, optaram pela Espanha.

"Tanto Adalberto quanto eu fizemos todo o possível para que Rodrigo e Thiago jogassem pelo Brasil", disse uma vez Mazinho, que conseguiu que o segundo de seus filhos, meia também do Barcelona, preferisse jogar pela seleção brasileira, apesar de ter passado pela equipe espanhola Sub-17.

Rodrigo já jogou contra o Brasil no Mundial Sub-20 da Colômbia, em 2011, e caiu nas quartas de final nos pênaltis.

Thiago e Rodrigo jogaram juntos em equipes infantis da Galícia antes de vencerem juntos a Eurocopa Sub-21 com a Espanha em 2011.

A escola de futebol em Vigo de Adalberto e Mazinho durou três anos, já que o Barcelona se interessou por Thiago e seu pai, Mazinho, foi com ele para a capital catalã.

Adalberto encontrou trabalho como olheiro no Celta e Rodrigo jogou nas categorias de base desta equipe até ser contratado, em 2009, pelo Real Madrid.

Mas o Real Madrid não dá as mesmas oportunidades aos jovens que o Barcelona e, enquanto Thiago joga no Barça, o Real Madrid vendeu Rodrigo em 2010 ao Benfica, que no primeiro ano o emprestou ao Bolton inglês.
Últimas notícias Ver mais notícias